AT&T afirma que não vai cobrar taxa adicional pelo FaceTime, mas exige que cliente migre para novo plano

Logo da AT&T

A Apple disse que, no iOS 6, o FaceTime será liberado para ser utilizado em redes 3G/4G de operadoras (apenas em iPhones 4S, é bom lembrar). Contudo, nos Estados Unidos, ao tentar fazer uma videoconferência na rede da AT&T — no sitema operacional beta —, uma mensagem de habilitação do recurso era exibida. Ficou no ar, então, a dúvida se ela cobraria ou não pelo recurso.

FaceTime em iPhone 4S

A Sprint rapidamente foi a público dizer que não vai cobrar. Agora, a AT&T também disse que o recurso será mesmo gratuito. Contudo, no caso da parceira de longa data da Maçã, usuários terão que migrar para novos planos, que, de acordo com a operadora, foram criados para atender à atual demanda por cada vez mais dados.

Ou seja, a taxa adicional que seria cobrada adicionalmente migrou para dentro do plano. 😛 Mais uma vez, fica a torcida para, no Brasil, o recurso ser gratuito nas maravilhosas redes que nossas operadoras nos oferecem.

[via MacRumors]

Posts relacionados