IHS iSuppli: na China, Apple é a sétima colocada entre as fabricantes de smartphones

Ranking de fabricantes de smartphones na China - iSuppli

Hoje mais cedo trouxemos algumas informações sobre o desempenho comercial do iPhone na China, fornecidas pela IDC. Agora, chegou a vez da IHS iSuppli. De acordo com eles, a Apple não está nem mesmo entre as cinco maiores fabricantes por lá, conforme podemos ver na tabela.

Publicidade

Ranking de fabricantes de smartphones na China - iSuppliVale notar, porém, que o estudo da empresa engloba todo o primeiro semestre, enquanto o da IDC (que coloca a Apple em quarto lugar) considera apenas o segundo trimestre do ano, o que com certeza influencia o resultado. Além disso, as empresas provavelemente utilizam metodologias diferentes para realizar seus estudos — exatamente por isso, nós sempre trazemos números não apenas de uma fonte, e sim de de várias (IDC, iSuppli, Gartner, NPD, ABI Research, entre outras).

De acordo com a firma, a Maçã vendeu 5,2 milhões de iPhones na China nos seis primeiros meses do ano. Com apenas 7,5% do mercado, a Apple está em sétimo lugar no ranking, atrás de Samsung (20,8%), Lenovo (11%), Coolpad (10,4%), Huawei (9,8%), Nokia (9,1%) e ZTE (8,4%).

Para Kevin Wang, diretor de pesquisas da IHS na China, a Apple não está indo bem pois é a única que não oferece um aparelho compatível com a tecnologia TD-SCDMA, o padrão que mais cresce no país (utilizado pela operadora China Mobile, a maior do mundo). Além disso, por não oferecer um aparelho de baixo custo (low-end), é difícil para ela competir com as outras. E, como o subsídio entre as operadoras não é uma coisa muito comum na China, as atuais estratégias da Apple não condizem com as condições do mercado.

Publicidade

Tudo leva a crer que o iPhone de sexta geração utilizará um chip global da Qualcomm, que suportará também a rede TD-SCDMA. Se isso acontecer, mesmo com o preço elevado do aparelho em comparação com outros, o desempenho da Maçã vai melhorar por lá — se mesmo sem o suporte ao padrão mais de 10 milhões de consumidores já utilizam iPhones na rede (2G) da China Mobile, imagine um 100% compatível.

[via AllThingsD]

Posts relacionados