Será que o iPad pode atrapalhar o nosso sono?

Pelo menos uma vez por dia nos deparamos com uma chamada bizarra terminada em “diz estudo” e, vez ou outra, acabamos vendo um certo sentido na coisa. Desta vez, um instituto americano afirma que expor os olhos a telas retroiluminadas, como a do iPad, pode atrapalhar o sono dos usuários de tablets.

O argumento principal é que o brilho intenso da tela pode interferir na produção de melatonina — hormônio produzido pelo corpo em ambientes escuros, para “trazer o sono”.

Na Wikipédia:

Em humanos, a melatonina tem sua principal função em regular o sono; ou seja, em um ambiente escuro e calmo, os níveis de melatonina do organismo aumentam, causando o sono.

A recomendação do estudo em questão é evitar brincar com a sua tablet por pelo menos duas horas antes de dormir. E a gente sabe que, apesar de toda a história de mobilidade dos aparelhos portáteis, o iPad é mesmo o nosso companheiro de cabeceira.

Todo e qualquer médico, quando fica sabendo que eu “trabalho com computador”, tem suas recomendações — muitas pertinentes, outras um tanto malucas. Já ouvi a história de não usar o iPad/smartphone até quatro horas antes de dormir, coisa que não vai acontecer. Já ouvi até uma história de pintar a parede atrás do computador de uma cor escura (ou será que era clara), mas também não saiu do consultório.

Nossos avós viviam falando que a televisão ia estragar os olhos de uma geração inteira. E isso nem é tão verdade assim. Hehe!

No fim das contas, como tudo na vida, a moderação é sempre bem-vinda e depende de apenas um critério: o bom senso de cada um. Que tal diminuir o brilho do iPad à noite ou então lembrar que não precisa grudar ele no nariz pra enxergar aqueles pixels lindos do display Retina?

Ninguém está falando que jogar Angry Birds ler um bom livro no iBooks antes de dormir vai tirar o sono de todo mundo, até porque a gente prova o contrário quase todos os dias, que eu sei. Mas vou contar que, quando eu estava com o sono mais fragilizado, evitar os eletrônicos por uma ou duas horas antes de dormir me ajudou a afastar a insônia. Coincidência? Sei lá. Sou uma mera designer. 😉

Meu palpite é que, junto à polêmica do cafezinho fazer bem ou não, cada hora vão aparecer novos dados para suportar essa teoria… ou não.

[via Cult of Mac]

Posts relacionados