↪ CEO de operadora regional afirma que consumidores pediam o iPhone, caso contrário, deixariam a telecom

Logo da Cellcom

Logo da Cellcom

“Clientes estavam nos falando que iriam simplesmente nos abandonar porque nós não oferecíamos o iPhone”, disse Riordan. “Nós sabemos que as vendas haviam caído entre o final do ano passado e abril, e pensamos que não ter o iPhone foi o motivo.”

Pat Riordan, CEO da Cellcom — operadora regional de Wisconsin que passou a vender o smartphone em abril passado —, não revelou números de vendas ou algo do tipo. Porém, disse que o aparelho da Apple bateu o recorde de vendas num único dia, além de afirmar que consumidores escolhem planos de voz e dados melhores por causa dele. [GigaOM]

Posts relacionados