Reuters mergulha nas patentes da Apple para descobrir quais tecnologias deverão aparecer em futuros iPhones

Patente - Imagem relacionado ao texto

Um relatório [PDF], liberado hoje pela Thomson Reuters, tenta mostrar como serão as futuras gerações do celular da Apple, de acordo com as patentes conquistadas pela companhia.

Publicidade

Desde o lançamento original do iPhone, em 2007, a Apple apresentou 416 patentes relacionadas a smartphones. Além delas, muitas outras relacionadas a câmera, interface de usuário e bateria também foram registradas pela gigante de Cupertino.

Das mais de mil patentes detidas pela Apple, a Reuters destacou duas que espera encontrar em futuros dispositivos. A primeira, relacionada a baterias, foi apresentada em agosto de 2010, e promete muitos dias de autonomia para o celular da Maçã.

Patente - Imagem relacionado ao textoA segunda diz respeito à interface do usuário. Voltada para softwares da área de educação, ela descreve um sistema interativo no qual o usuário seleciona uma palavra para ver a imagem relacionada, facilitando a aprendizagem.

Publicidade

O relatório analisou também os processos sobre propriedade intelectual em que a Apple está envolvida. Segundo ele, a gigante de Cupertino está se defendendo em mais da metade dos processos em que está envolvida atualmente, porém os dados apresentados também mostram como ela se tornou mais agressiva em 2012. Somente neste ano, a companhia já iniciou 19 processos sobre violações de patentes — quase o dobro do que no ano passado.


Gráfico - Disputas judiciais da Apple sobre propriedade intelectual


No ano passado, a Reuters criou também um infográfico muito interessante, destacando todas as empresas do ramo mobile que estavam envolvidas em processos.

Publicidade

[via 9to5Mac]

Posts relacionados