A6 é o menor e mais potente processador desenhado pela Apple

iPhones e seus respectivos chips

Ainda vai demorar um pouco para iFixits da vida colocarem as mãos no iPhone 5 a fim de desmontá-lo e mostrar suas entranhas. Contudo, baseado na apresentação do evento de ontem, alguns começaram a especular sobre as especificações do novo chip do aparelho, denominado A6.

iPhones e seus respectivos chips

Comparativamente, o A6 (S5L8950X) é 22% menor que o A5 (de iPads 2 e iPhones 4S), trazendo CPU e GPU duas vezes mais rápidas. Levando em conta que o A5X (o qual equipa iPads de terceira geração) tem dois núcleos de processamento — e quatro para gráficos —, é fácil concluirmos que o A6 deve trazer minimamente esse conjunto, podendo até mesmo ser um quad-core/quad-core. Mas como a Apple não costuma falar sobre especificações, não sabemos ao certo.

O AnandTech afirma que existe uma grande chance de ele ser um ARM Cortex-A15 — o primeiro do mercado —, fabricado num processo de 32 nanômetros e produzido pela Samsung. Comparativamente, o A4 era um Cortex-A8, enquanto o A5 um Cortex-A9. Isso explica, por exemplo, a melhora na bateira do novo aparelho, já que mesmo com suporte a redes LTE, tela maior e outras características, o desempenho é melhor do que no iPhone 4S.

Na verdade, o que importa mesmo é pegar o aparelho e ter uma experiência satisfatória — bateria de longa duração, transições suaves e fluídas, acesso rápido a apps, entre outras dezenas de coisas que fazemos todos os dias com nosso iPhone. 😉

[via The Verge]

Posts relacionados