Dispositivos com Android infringem diversas patentes da Apple e da Microsoft; julgamento contra Motorola não deverá ter júri

Sala de um tribunal com martelo em cima da mesa

No mês passado, a Apple ganhou da Samsung na justiça e deverá receber uma indenização de mais de US$1 bilhão. Mas a briga, claro, não é somente com a Samsung, e sim contra o sistema operacional móvel Android como um todo.

Sala de um tribunal com martelo em cima da mesa

O FOSS Patents organizou uma lista com 17 patentes da Apple e da Microsoft que dispositivos com Android já foram acusados de infringir.

Entre elas vemos a patente americana 7.469.381, conhecida como “efeito elástico de rolagem” — que já trouxe vitórias em três continentes (América do Norte, Europa e Ásia) para a Apple —, as patentes que cobrem o Slide to unlock (deslize para desbloquear) e várias outras.

Por causa dessas e de muitas outras violações, a Apple está em julgamento contra diversas empresas do ramo móvel. Em um deles, que acontece em Wisconsin, ela acusa a Motorola Mobility de desrespeitar os termos FRAND (fair, reasonable and non-discriminatory, ou justo, razoável e não-discriminatório). Neste, segundo um documento descoberto pelo FOSS Patents, a Apple pediu para que ele não tivesse um júri, pedido esse reforçado também pela Moto.

Posts relacionados

Comentários