Site turco questiona mapas da Apple por mostrar imagens detalhadas de uma prisão de segurança máxima do país

Imrali (Turquia)

A polêmica em torno do lançamento do serviço de mapas da Apple no iOS 6 continua. Nesta semana, o site turco Sosyalmedya afirmou que os mapas da Apple colocam a segurança nacional do país em risco, pois fornecem imagens de satélite altamente detalhadas de uma prisão de segurança máxima na Ilha Imrali.

Publicidade

Imrali (Turquia)

Comparativamente, imagens da instalação no Google Maps e nos mapas da Nokia são obscurecidas — e com limites de zoom —, enquanto que nos mapas da Apple a coisa realmente é bastante cristalina.

O The Verge resolveu investigar um pouco mais a fundo, analisando outros possíveis locais de segurança que, na teoria, deveriam ter imagens borradas ou menos claras, como Personeelsvereniging Tankwerkplaats (Holanda), Minamitorishima (Japão), Aberdeen Proving Groung (Estados Unidos) e NATO Air Base (Alemanha).

Veja abaixo as imagens comparativas:

Personeelsvereniging Tankwerkplaats (Holanda)

Personeelsvereniging Tankwerkplaats (Holanda).

Minamitorishima (Japão)

Minamitorishima (Japão).

Aberdeen Proving Groung (Estados Unidos)

Aberdeen Proving Groung (Estados Unidos).

NATO Air Base (Alemanha)

NATO Air Base (Alemanha).

Realmente as imagens da Apple estão mais nítidas que as do Google e da Nokia. O Google tem censurado imagens no Google Earth e no Maps há mais de cinco anos, resta saber se a Apple também seguirá por este caminho ou se deixará tudo do jeito que está.

Posts relacionados