Apple inicia programa de recompra de ações; desconhecido, fundo de investimentos da empresa é o maior do mundo

Logo da Apple feito com dinheiro

Conforme informamos em meados de março, hoje a Apple deu início ao seu programa de recompra de ações.

Publicidade

Logo da Apple feito com dinheiro

[…] a Diretoria de Administração da empresa autorizou um programa de recompra de ações de US$10 bilhões, a partir do ano fiscal de 2013 da empresa, que começa em 30 de setembro de 2012. O programa de recompra deverá ser executado ao longo de três anos, com o objetivo principal de neutralizar o impacto futuro da diluição de ações oferecidas a funcionários e os programas de compra de ações de funcionários.

Numa nota relacionada, o Zero Hedge informa que a Apple agora é dona do maior fundo de investimento do mundo. A Braeburn Capital, uma empresa de gestão de ativos baseada em Nevada e fundada especificamente para gerir o dinheiro da Maçã, tem agora mais de US$117 bilhões sob gestão, o que a torna ainda maior do que o fundo da gigante Bridgewater, que tem hoje cerca de US$100 bilhões ativos.

Ainda de acordo com a matéria, a Apple tem sido muito reservada sobre os investimentos e atividades da Braeburn — um dos papéis dela é, por exemplo, encontrar brechas fiscais legais em todo o mundo a fim de evitar o pagamento de impostos. Além disso, a Braeburn existe numa espécie de buraco negro jurídico, onde ela não é obrigada a revelar praticamente nenhuma informação. Contudo, isso poderá mudar, já que o governo deseja fechar essas brechas as quais permitem que empresas altamente lucrativas evitem o pagamento de alguns impostos.

Publicidade

[via Fortune Tech, BGR]

Posts relacionados