Maioria dos desenvolvedores está satisfeita com o Gatekeeper, recurso de segurança do OS X

Ícone - Gatekeeper

Um dos passos da Apple em direção a um sistema mais seguro foi o Gatekeeper, recurso do OS X que dá mais proteção ao usuário, permitindo que sejam instalados apenas aplicativos baixadas através da Mac App Store ou de desenvolvedores cadastrados.

Gatekeeper

Pouco mais de dois meses depois da chegada do novo sistema, Jacqui Cheng, do Ars Technica, conversou com diversos desenvolvedores para saber quais suas primeiras impressões sobre a novidade. No geral, as respostas foram bem positivas, com muitos alegando que esse é um importante passo para um sistema mais seguro.

“Ele é fácil de implementar, tem baixo impacto em desenvolvedores e em usuários, e parece um bom caminho para a Apple bloquear aplicativos maliciosos”, disse Cabel Sasser, da Panic. Como a opção padrão selecionada impede que o usuário baixe aplicativos não reconhecidos pela Apple, o Mac já vem protegido “da caixa”.

Em contrapartida, alguns argumentam que esse é o primeiro passo para a extinção dos desenvolvedores por hobbie, já que nem todos querem pagar os US$100 pedidos pela Apple para analisar a integridade de seus aplicativos.

Pessoalmente, durante os dois meses que estou rodando o OS X Mountain Lion, só tive que desativar o Gatekeeper uma única vez, quando um amigo meu queria mostrar o jogo que tinha acabado de desenvolver. Acredito que o Gatekeeper possa, sim, “machucar” alguns desenvolvedores independentes, mas esse é apenas um pequeno efeito colateral de um sistema mais fechado e seguro.

Posts relacionados