Dicas de leitura: a cadeia de fornecimento da Apple e os possíveis esgotamentos premeditados

Funcionário testando uma máquina

Tim Cook, atual CEO da Apple, é um mestre em cadeias de fornecimento e ajudou a Apple a melhorar — e muito! ± a eficiência da sua rede de fornecedoras. Mas, apesar disso, iPhones e iPads continuam esgotando em seus primeiros dias de vendas.

Publicidade

Funcionário testando uma máquina

Chris O’Brien, do siliconbeat, escreveu um ótimo artigo — o qual levanta suspeitas sobre a “incapacidade” da Apple de atender à demanda de seus produtos. Segundo ele, existem fortes possibilidades de a companhia forjar esgotamentos como forma de criar uma aura de desejo ainda maior sobre seus produtos.

Como a gigante de Cupertino possui uma das melhores cadeias de fornecimento do mundo, os esgotamentos frequentes de seus novos produtos são praticamente inexplicáveis, então acredita-se que a companhia utiliza desse artifício para mostrar que, cada vez mais rápido, seus produtos são devorados das prateleiras.

Publicidade

Já sobre a cadeia de fornecimento em si, John Boudreau escreveu para o MercuryNews um artigo sobre os fornecedores taiwaneses da Maçã, esses os quais representam cerca de um terço da rede da companhia. Boudreau explicou como é a relação de “amor e ódio” entre a gigante de Cupertino e alguns pequenos fornecedores, que têm dores de cabeça com os altos padrões de qualidade e prazos apertados.

[via The Verge]

Posts relacionados