Documentos da Samsung rebatem cópia do iPhone; Motorola alega ter retirado aparelhos da Alemanha propositalmente

Computador da Samsung bastante similar ao Mac mini

O julgamento entre Apple e Samsung foi todo centrado na premissa de que a sul-coreana copiou o design dos produtos da Maçã propositalmente. Advogados da Apple inclusive mostraram documentos de análise da sul-coreana que apontavam o iPhone como um aparelho “fácil de copiar”, além de um outro que comenta a “crise de design” em que a Samsung foi submetida depois da aparição do iPhone.

Mas de acordo com o site Groklaw, não foi bem assim. Os advogados da Apple simplesmente pegaram as partes mais interessantes do documento (para eles), deixando de lado outras que confrontavam suas teorias. Abaixo, um exemplo:

Computador da Samsung bastante similar ao Mac mini

Designers devem criar seus próprios desenhos com convicção e confiança; não se esforce para fazer projetos para me agradar (o presidente); em vez disso, faça projetos criativos e diversificados, com personalidade.

Cabo da Samsung similar ao da Apple

É verdade que o presidente disse que os designers deveriam fazer o seu melhor e não criar algo com a sensação de plástico, e sim de algo metálico, uma filosofia de design bastante similar à da Apple. Ao mesmo tempo ele também disse que a Samsung devia se concentrar em telas maiores, uma característica que passa longe do iPhone, mesmo do iPhone 5 e de sua tela de 4 polegadas.

iPhone 3G vs. Samsung Galaxy Ace Plus

Sinceramente, é óbvio que os advogados da Apple iriam selecionar apenas as partes dos documentos que interessavam, assim como a Samsung só pegou aquelas que também suportavam sua defesa. Mais uma vez: não tem coitadinha nessa história, são duas gigantes com culpa no cartório — não necessariamente pelas mesmas coisas. Hoje, felizmente, o design da Samsung se afastou dos utilizados pela Apple, o que ajuda a resolver a história daqui pra frente. Mas independentemente de documento comprovando, é inegável que alguns produtos da Samsung eram/são muito, mas muito parecidos com os da Apple — as imagens ilustrativas e o veredito do júri não me deixam mentir.

E já que estamos falando de processo, o site alemão Areamobile informou [Google Tradutor] que alguns produtos da Motorola que utilizam o sistema operacional móvel Android foram retirados do mercado do país devido a infrações de patentes da Apple e da Microsoft. Diferentemente do que disse antes (que os produtos estavam sendo retrabalhados e que voltariam ao mercado assim que possível — mais ou menos no fim de julho), a Motorola mudou sua posição, afirmando agora que a retirada dos aparelhos faz parte de sua nova estratégia (foco em poucos produtos).

Atualmente, apenas os aparelhos RAZRi, RAZR HD e Gleam+ estão listados no site da empresa.

Nova estratégia, sei…

[via CNET News, AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários