Site afirma que Cartões Presente da Apple começarão a ser vendidos na semana que vem

Gift Card em reais (R$)

De acordo com o Tecnoblog, a Apple Brasil está se preparando para oferecer os famosos Cartões Presente (Gift Cards) no nosso país a partir de segunda-feira que vem — empregados brasileiros da Maçã teriam até mesmo começado um treinamento para aprender sobre os cartões.

O sistema funcionaria via iTunes, onde o cliente poderá escolher se quer presentear algum amigo com um vale-presente de US$10, US$20, US$30, US$40 ou US$50. Ainda de acordo com o site, o material de ajuda dentro do iTunes já foi inclusive traduzido, mas ainda não está operando.

Como a loja online de músicas, apps, filmes e livros da Apple ainda opera em dólar, o vale-presente também será comercializado na moeda americana. Exatamente por isso, o site não soube afirmar se eles serão vendidos em lojas como Fnac, Saraiva, Fast Shop, entre outras parceiras da Apple.

Gift Card em reais (R$)

Será que um dia veremos um desses, em reais (R$)?

Os rumores de Cartões Presente brasileiros não são de hoje, contudo, eles estavam sempre atrelados à chegada dos preços em reais (R$) à iTunes Store, à App Store e à iBookstore. Pense bem: a grande vantagem desses Gift Cards é a possibilidade de não utilizarmos cartões de crédito na loja — hoje, como a moeda é o dólar, apenas cartões internacionais são aceitos. É praticamente impossível a Apple (na verdade qualquer empresa) comercializar produtos em dólar em lojas físicas no Brasil, então, se a moeda não mudar para real nas lojas online, dificilmente veremos os Cartões Presente sendo vendidos nesses locais.

A Apple pode implementar a compra de vale-presente apenas na iTunes/App Store? Pode, mas qual seria o benefício disso? Pensando rápido, você ainda precisa de um cartão de crédito internacional para comprá-lo. O máximo que aconteceria, aqui, seria a possibilidade de dar de presente créditos da loja para um amigo. E só.

Por mais que a gente queria ver isso acontecendo, acho muito difícil a Apple implementar isso sem a mudança da moeda — e, como essa alteração envolve uma enorme burocracia

O MacMagazine entrou em contato com a Apple e está aguardando uma posição da empresa. Assim que isso acontecer, atualizaremos este artigo.

[dica do Lincon Barco]

Posts relacionados