Apple cumpre determinação judicial e publica novo “pedido de desculpas” à Samsung em seu site britânico

Pedido de desculpas da Apple à Samsung

Depois de ser acionada pela justiça britânica pelo comunicado que colocou em seu site mascarando um “pedido de desculpas” à Samsung, a Apple veiculou um novo texto em jornais locais e, de ontem pra hoje, voltou a publicar a mensagem — agora “corrigida” em seu site do Reino Unido.

Em vez de colocar um minúsculo link no rodapé, a Apple agora teve que veicular três linhas de texto bem legíveis:

Pedido de desculpas da Apple à Samsung

Elas dizem:

Em 25 de outubro de 2012, a Apple Inc. publicou um texto em seu site do Reino Unido em relação aos computadores tablet Galaxy, da Samsung. O comunicado era impreciso e não atendeu à ordem da Corte de Apelações da Inglaterra e Gales. O texto correto está no julgamento Samsung/Apple UK.

A página com o comunicado continua abrindo em uma nova janela em branco, sem nenhuma referência ao resto do site da Apple em si. O texto porém, foi alterado e bastante simplificado.

Em tradução livre, nossa:

Julgamento Samsung / Apple UK

Em 9 de julho de 2012, a Corte Suprema da Justiça da Inglaterra e Gales determinou que os computadores tablet Galaxy da Samsung Electronic (UK), especificamente o Galaxy Tab 10.1, o Tab 8.9 e o Tab 7.7, não infringem o design de nº 0000181607-0001 registrado pela Apple na Comunidade. Uma cópia do julgamento completo da Corte Suprema está disponível em www.bailii.org/ew/cases/EWHC/Patents/2012/1882.html.

Esse julgamento tem feito por toda a União Europeia e foi apoiado pela Corte de Apelações da Inglaterra e Gales em 18 de outubro de 2012. Uma cópia do julgamento da Corte de Apelações está disponível em www.bailii.org/ew/cases/EWCA/Civ/2012/1339.html. Não há nenhuma injunção relacionada ao design registrado na Comunidade em efeito em qualquer lugar da Europa.

A coisa parece estar agora totalmente de acordo com a ordem judicial, mas a Apple conseguiu fazer dela um mero informativo sobre a decisão judicial do caso. Não houve “pedido de desculpas” nem nenhuma espécie de admissão explícita dela de que as tablets da Samsung não copiaram o se inspiraram no iPad.

Evidentemente, este é só mais um capítulo das longas batalhas travadas entre as duas empresas.

[via TNW]

Posts relacionados

Comentários