Ex-empregado da Apple explica por que acha que a saída de Scott Forstall é alarmante

Scott Forstall

No dia 29 de outubro, a Apple anunciou que Scott Forstall e John Browett deixaram — ou deixarão, no caso de Forstall — a empresa, enquanto que outros executivos assumiram ainda mais responsabilidades dentro da companhia. Alguns acham que isso pode ser visto como uma coisa positiva, já outros, não.

Scott Forstall

Ex-empregado da Apple, Michael Lopp explicou por que acha que a saída de Scott Forstall é alarmante. Apesar de ter sido substituído por executivo competentes, ele era peça fundamental para o sucesso da empresa. Segundo Lopp, Forstall era reconhecido por ser o empregado da Maçã que mais se parecia com Steve Jobs.

Por ser “intrometido”, o ex-executivo fomentava a “guerra interna bem gerenciada” que leva a Apple para frente como uma empresa inovadora. Com a saída dele, Lopp acredita que a gigante de Cupertino se tornará mais estável e teme que esse seja o começo do fim da empresa que tanto conhecemos e admiramos.

Com Tim Cook — “um dos mais talentosos líderes operacionais do planeta” — no comando, a tendência da Apple é ir retirando tudo que a torne menos previsível e mensurável, segundo Lopp.

Mais uma vez, só o tempo dirá. Mas independentemente disso, qual é a sua opinião?

[via Daring Fireball]

Posts relacionados