Ações da Apple finalmente começam a se recuperar após atingir valor mais baixo em nove meses

AAPL nos últimos três meses

Após a alta histórica de US$702,10, a NASDAQ:AAPL começou uma queda livre durante dois meses — atingindo, na sexta-feira, o valor mais baixo em nove meses.

Não somos especialistas no mercado financeiro, mas os que são dizem que os papéis da Apple foram desvalorizado por causa de uma avalanche de críticas negativas sobre os novos produtos da empresa, criada por analistas influentes no mercado, além do grande holofote que a mídia em geral colocou sobre os “problemas” encontrados no iPhone 5. Com isso, o valor da AAPL foi caindo cada vez mais.

AAPL nos últimos três meses

Contudo, após o analista Brian White, da Topeka Capital Markets, ter dito que o preço do papel estava extremamente baixo, as ações começaram a subir exponencialmente. Somente hoje, a AAPL viu um aumento de 7,21% ou US$38,05, valendo US$565,73.

Andy Zaky, famoso por anunciar quase que na hora certa quando as ações da Apple atingem o nível mínimo e começam a subir como um foguete, disse em outubro que os papéis da gigante de Cupertino estavam bem próximos da base e recomendou que investidores os comprassem.

Ao que tudo indica, a Apple terá uma bela temporada de Natal com a maior parte de seus produtos renovados. Novos iPhones, iPods, iPads e Macs deverão impulsionar as vendas durante o quarto trimestre de 2012.

Se as previsões de Zaky, que apontam para a AAPL valendo US$1.000 no próximo ano, se concretizarem, quem comprar as ações da Maçã hoje terá uma boa chance de ganhar bastante.

[via Daring Fireball, Business Insider]

Posts relacionados