Apple começa obras do novo campus em Austin; instalação de células de combustível, em Maiden, dobrará de tamanho

Mapa do Texas estilizado como logo da Apple

Apesar de a expansão do campus em Austin (Texas) ter emperrado um pouco em março, parece que agora tudo foi devidamente resolvido. O Statesman.com informou que as obras no local já começaram, com a terraplanagem da área de aproximadamente 158 mil metros quadrados e a concha de concreto do que provavelmente será um edifício de escritórios de três andares.

Publicidade

Mapa do Texas estilizado como logo da Apple

A Apple receberá US$36 milhões em incentivo fiscal durante os próximos dez anos. Para isso, terá que manter o plano de criar 3.600 postos de trabalho com uma média salarial de US$64 mil/ano — a grande maioria ligado a serviços operacionais, suporte e finanças.

Ao todo a Maçã investirá US$304 milhões, sendo que US$56,5 milhões serão utilizados na primeira fase do projeto (até 2015). Tudo indica que a Apple já está até mesmo contratando pessoas para o que ela chama de “Centro de Operações das Américas”, que funcionará por lá. Curiosamente, há uma vaga de emprego intitulada Brazil Subject Matter Expert — Finance (algo como especialista em finanças do Brasil) — o empregado poderá trabalhar tanto em Austin quanto em São Paulo.

Mapa do data center da Apple em Maiden, na Carolina do Norte

Numa nota relacionada, o The Charlotte Observer informou que a Apple planeja dobrar o tamanho de sua instalação de células de combustível em Maiden, na Carolina do Norte, chegando a 10 megawatts.

Publicidade

Ao lado do data center, a instalação entrou em testes recentemente e gera 4,8 megawatts. Os planos da Apple envolvem abastecer 100% do centro de dados com energia renovável — uma parte via energia solar e outra através desta instalação de biogás.

[via MacRumors: 1, 2]

Posts relacionados