Covardia total: ladrão rouba iPhone de um tetraplégico nos Estados Unidos :-/

Nos Estados Unidos, um homem tetraplégico que utilizava um iPhone como único meio para se comunicar com as pessoas teve o seu dispositivo roubado quando ele estava em uma bandeja especial adaptada para a sua cadeira de rodas.

O nome da vítima é William Washington, que tem 38 anos. Ele não consegue falar, utilizar as mãos e nem andar. Ele só pôde assistir, atônito, ao ladrão roubando o seu iPhone no saguão do apartamento onde mora. Ele estava utilizando o iPhone no momento do ato, com um ponteiro especial adaptado para digitar mensagens e, assim, se comunicar com outras pessoas. Segundo a polícia local, um adolescente pegou o dispositivo e correu.

Washington descreveu que estava se sentido impotente e perdido sem o seu iPhone. Após o roubo, ele usou um computador pesado e desproporcional para se comunicar durante uma entrevista para a NBC de Nova York.

“Você não deve roubar de uma pessoa deficiente um dispositivo especial que ela utiliza para alcançar o mundo”, escreveu no computador. Washington trabalha em uma escola com crianças que enfrentam as mesmas dificuldades que ele. Um assistente da instituição chamou o roubo de “irritante”.

A polícia conseguiu prender o meliante, após examinar um vídeo gravado por câmeras de vigilância. O ladrão tem 18 anos e — pasmem! — mora no mesmo prédio de Washington, mas alegou que já não possuía mais o iPhone roubado. Comovidos com a história, amigos de Washington se juntaram e compraram um novo iPhone para ele.

E se você achou que o iPhone roubado foi um modelo de última geração, está redondamente enganado: Washington ainda usava, muito satisfeito, um iPhone 3G. Covardia total, mesmo… :-/

[via CNET]

Posts relacionados

Comentários