Analista: demanda pelo iPhone 5 ainda é bem forte, ao contrário dos seus “irmãos maiores”

iOS 6 em iPhone 5 e iPad

Os prazos de entrega terem sido reduzidos drasticamente nos últimos dias não foi um indício de queda na busca pelo mais novo smartphone da Apple, e sim um resultado do alto trabalho das manufaturas para elevar o volume de produção, acompanhando a demanda — que deve aumentar, segundo o analista Shaw Wu, da Sterne Agee, o qual atualizou suas expectativas para os números da Maçã.

iOS 6 em iPhone 5 e iPad

Wu aumentou sua previsão de 47,3 para 47,5 milhões de iPhones 5 vendidos neste trimestre, além de comentar também sobre seus irmãos maiores: o iPad teria tido sua produção levemente reduzida, provavelmente por conta de alguma “canibalização” da sua versão mini, que ainda sofre para atender à alta demanda. Devido a isso, o analista reduziu a sua previsão de vendas da tablet em 10%; agora, ele espera “apenas” 23,5 milhões de aparelhos vendidos (antes, falava em 25 milhões).

É claro que Wu não podia deixar de abordar a recente instabilidade das ações da companhia: segundo o analista, a AAPL continuará volátil até o final do ano, por razões não fundamentais como por exemplo os altos valores alcançados durante 2012, em que muitos estão travando os ganhos e temendo altas taxas fiscais no início do próximo ano. Após isso, porém, ele acredita que o sentimento de segurança voltará aos acionistas.

[via AppleInsider]

Posts relacionados