Polícia da Nova Zelândia escolhe iOS sobre Android e adquirirá quase 10 mil iPhones e iPads

Policiais neo-zelandezes com tablet

Depois de um período de testes que durou 11 meses, envolvendo 100 membros selecionados em distritos independentes, a Polícia da Nova Zelândia descartou o Android e optou pelo iOS como o sistema operacional móvel que irá equipar todo o seu staff. As plataformas Windows Phone e BlackBerry mal foram consideradas.

Policiais neo-zelandezes com tablet

A mudança foi estimulada pela migração da operadora utilizada pela Polícia, da Telecom para a Vodafone. Esta acaba de assinar um próspero contrato de dez anos, abrindo um negócio totalmente novo para a companhia.

De acordo com o jornal local The National Business Review, nos primeiros três meses a Polícia pretende gastar 4,3 milhões de dólares neo-zelandezes (cerca de R$7,2 milhões) para adquirir cerca de 6.000 iPhones. Destes, cerca de 3.900 também receberão iPads.

Um dos principais motivos citados pela Polícia para a escolha do iOS diz respeito à facilidade que ele oferece para o desenvolvimento de aplicativos, e quão fácil é atualizar dispositivos — tanto smartphones quanto tablets — à medida que a tecnologia usada neles evolui.

No prazo de dez anos de contrato com a Vodafone, a Polícia pretende investir 159 milhões de dólares neo-zelandezes (~R$265 milhões) na iniciativa — o que inclui também todos os seus gastos mensais com a operadora em si.

[via AppleInsider]

Posts relacionados