Gradiente perde direito da marca “IPHONE” devido a dívida com o Banco do Brasil [atualizado]

Decisão do INPI sobre a marca iPhone

Quase dois meses após Apple e Gradiente suspenderem suas ações judiciais para supostamente negociar acordo sobre a marca “IPHONE” no Brasil, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial emitiu hoje uma decisão que acaba favorecendo, em partes, à Maçã.

Segundo apurou o site Olhar Digital, a IGB Eletrônica — empresa que atualmente controla a Gradiente — possui uma dívida de R$947 mil com o Banco do Brasil e, por isso, deverá perder todos os direitos à marca contestada pela Apple.

Decisão do INPI sobre a marca iPhone

Eis o detalhe sobre a determinação emitida hoje, de RPI 2207:

Decisão do INPI sobre a marca iPhone

O registro portanto está apreendido pelo INPI, mas continua sob a guarda da Gradiente até que algum acordo seja feito entre ela e o BB. Caso isso não ocorra, a marca “IPHONE” poderá ser liberada… não diretamente para a Apple, e sim para leilão.

Resta saber o que a Apple fará para aproveitar essa situação, já que ela possui o registro da marca em outras categorias diferentes das conquistadas pela Gradiente. Na pior das hipóteses, ela certamente conseguiria abocanhar o nome no leilão pagando muito menos do que se esperava de um acordo amigável com a Gradiente.

A novela continua; vamos acompanhando…

[dica do Lincon Barco]

Atualização

A Gradiente reverteu o pedido de apreensão da marca “IPHONE”. Leia mais sobre o assunto neste post.

Posts relacionados

Comentários