Conheça as novidades apresentadas hoje na Google I/O que interessam a usuários de iProducts

Logo do Google I/O 2013 (miniatura)

Foram mais de 3 horas de apresentação, nas quais o Google apresentou muitas, muitas novidades para desenvolvedores presentes ou não na I/O 2013. Obviamente, nem tudo engloba Apple e iProducts, mas boa parte delas interessam, sim, a nós.

Publicidade

Vamos a elas. 🙂

Jogos

Se você conhece e usa o Game Center (central de jogos da Apple), vai gostar do que o Google preparou. Os Google Play game services permitirão a desenvolvedores fazer jogos com multiplayer em tempo real, implementar características sociais (integradas ao Google+), conquistas, salvamento na nuvem e tudo aquilo de que jogadores adoram.

Google Play game services

Publicidade

O bacana é que essas ferramentas (SDK) não ficarão restritas a desenvolvedores de Android, já que estarão disponíveis também para iOS e web.

Músicas

Ícone - Google Play MusicAinda não disponível no Brasil, o serviço de músicas da empresa também ganhou novidades. Chamando de Google Play Music “All Access” (algo como “Acesso Livre”), por apenas US$10 mensais usuários terão acesso a todo o conteúdo de músicas do Google através de streaming.

A parte mais interessante é que novos recursos deixarão o Google Play Music mais inteligente. Gostou de uma música? É possível criar uma “rádio” baseada nela. Assim, através de um algoritmo, o Google selecionará uma lista de músicas e apresentará tudo isso numa interface bem simples e fácil de se interagir. Usuários poderão reordenar, excluir músicas das quais não gostam, tudo bem facilmente.

Publicidade

Já o recurso “Listen Now” irá proporcionar acesso rápido a músicas recentemente tocadas, estações de rádio personalizadas com base nas preferências, recomendações de novos lançamentos de artistas que o usuário curte, etc.

O Google não comentou, porém, em quais países o Google Music aterrissará e se o serviço estará disponível também para iOS através de aplicativos dedicados — aparentemente, usuários de iGadgets terão que acessar tudo pela web.

Mensagens

Até ontem, o Google oferecia alguns serviços de mensagens (Google Talk, Google+ Messenger e Google+ Hangout). A partir de hoje, a bagunça acaba e tudo isso será unificado sob o nome Hangouts, o qual poderá ser acesso por computadores, tablets e smartphones.

Publicidade

O histórico das mensagens, que pode ser desativado, fica armazenado na nuvem, então não importa se você começou uma conversa no computador, passou para o smartphone e terminou no tablet.

Hangouts para iOS

Tudo isso com direito a conversas individuais, em grupo, com fotos, Emojis, chamadas por vídeo (com até dez pessoas) e notificações inteligentes, que somem do iPad depois de vistas no iPhone, por exemplo.


Ícone do app Hangouts

Hangouts

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 35.1 (171.1 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Buscas por voz

Num movimento bastante aguardado, assim como já acontece em smartphones e tablets — no mundo iOS, através do aplicativo Pesquisa Google —, o Google levará a busca por voz para o Chrome desktop. Ou seja, não será mais necessário digitar para realizar buscas no computador.

A novidade chegará em breve e, com ela, os Cards do Google Now, os quais ganharão novos estilos para lembretes, álbum de músicas, séries de TV, livros, transporte público e videogames.

Por falar em Chrome, ele também ganhará muitas novidades em breve, principalmente a versão mobile. Eles demonstraram o poder do codec VP9 para melhores performances em streaming de vídeos — deixando o H.264 no chinelo — e a incorporação da API requestAutocomplete para pagamentos mais rápidos.

Mapas

Os mapas do Google foram redesenhados e em breve serão disponibilizados para o público. A novidade fica por conta do aplicativo para iOS, que finalmente será otimizado para iPads — a promessa da empresa é liberar todas as novidades numa atualizacão no meio do ano.

Além da nova interface, o Google Offers (indisponível no Brasil) será integrado ao Maps, os alertas de tráfegos serão expandidos e incluirão relatórios ao vivo de acidentes/incidentes em todo o mundo, mudanças de itinerário automáticas, Google Earth integrado, reviews e recomendações de lugares e restaurantes de seus amigos, entre outras coisas.

Como disse, a versão mobile chegará no meio do ano, mas quem quiser utilizar o novo Google Maps em Macs/PCs, terá por enquanto que solicitar um convite aqui.

·   ·   ·

Nada de explodir a cabeça, mas são inegáveis os avanços do Google em todas as áreas de atuação. Uma pena que eles não tiveram uma espécie de “one more thing…”. Seria ótimo algo parecido informando “o Google Reader não morrerá mais”, não é? Sonhar não custa nada… 😛

Posts relacionados