CEO da Nuance confirma publicamente que sua tecnologia está por trás da Siri

Paul Ricci, CEO da Nuance, na D11

Nós somos uma provedora essencial para a Apple.

A declaração acima foi dada pelo CEO da Nuance Communications, Paul Ricci, ontem durante sua entrevista na D11. É a primeira confirmação pública de que as tecnologias da Nuance estão mesmo por trás da Siri.

Publicidade

Paul Ricci, CEO da Nuance, na D11

Até então, o mais perto que havíamos chegado foi em outubro de 2011, quando um representante da Nuance simplesmente comentou que “a Apple licencia a tecnologia de voz [dela] para uso em alguns de seus produtos”.

É importante voltar a notar, como fizemos naquela ocasião, que a Siri não se baseia apenas em reconhecimento de voz — nisto a gente pode contar com a Nuance, certamente uma das melhores do mundo no segmento, e já com toda a preparação necessária para oferecer suporte ao português. A Siri vai muito além, oferecendo toda uma inteligência e semântica por trás do seu funcionamento — algo que discutimos a fundo neste outro artigo.

Descartando variações dentro do mesmo idioma, a Siri só oferece suporte hoje para *oito* deles: alemão, chinês, coreano, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês. O português certamente deve estar na próxima lista de prioridades, mas em número de falantes ainda há dois na nossa frente: hindi e árabe. Outros importantes também não-presentes na lista incluem bengali, russo, turco, indonésio, tailandês, persa, vietnamita, ucraniano, etc.

Se uma das novidades do iOS 7 for uma ampliação nesse suporte a idiomas, muito provavelmente já ouviremos comentários relacionados na keynote de abertura da WWDC 2013 — só faltam dez dias! 😉 Não duvido nada que o OS X 10.9 também incorpore suporte à Siri, de tabela; seria show.

[via The Next Web]

Posts relacionados