Apple começa a firmar contratos com pequenas gravadoras para o iTunes Radio

iTunes Radio em iPhones 5 brancos de frente com EarPods

A Apple já firmou contratos com todas as grandes gravadoras para o iTunes Radio. Agora, ela está correndo para deixar tudo certo também com as pequenas/independentes, a fim de oferecer um serviço ainda mais completo para usuários.

iTunes Radio em iPhones 5 brancos de frente com EarPods

O Wall Street Journal teve acesso aos termos padrão do acordo que já está sendo firmado com algumas gravadoras e eles são bem parecidos com os das maiores (Universal, Warner e Sony). No primeiro ano, a Apple pagará US$0,0013 para cada música tocada no serviço, assim como 15% das receitas com anúncios (iAd). Já no segundo anos esses valores subirão para US$0,0014 e 19%, respectivamente.

O Pandora, por exemplo, paga US$0,0012 por música, mas o veículo afirma que a Apple paga quase o dobro em royalties para as gravadoras. Além disso, o contrato da Apple também tem algumas cláusulas de restrições de pagamento, como de reprodução de músicas iguais às que o usuário já tem em sua biblioteca pessoal, faixas selecionadas pelo iTunes (promoção ou algo do tipo) e músicas reproduzidas por menos de 20 segundos. Contudo, a Maçã só pode evitar o pagamento de royalties de duas músicas por hora, por usuário.

Sinceramente, não deve ser nada fácil negociar esse tipo de coisa com gravadoras…

Posts relacionados