↪ Projeto educacional holandês ganha vida e 1.000 crianças trocarão livros e cadernos por iPads

Crianças aprendendo com iPads

Crianças aprendendo com iPads

Pense diferente. Era mais do que um slogan publicitário. Era um manifesto e, com ele, o ex-CEO da Apple, Steve Jobs, abalou a indústria de computadores, música e telefones celulares. O plano seguinte do visionário digital era trazer mudanças radicais para as escolas e editoras de livros didáticos, mas ele morreu de câncer antes que pudesse fazê-lo.

Algumas das possíveis ideias de Jobs podem ser vistas agora na Holanda. Onze “escolas Steve Jobs” serão aberta em agosto, com Amsterdã entre as cidades que receberão as instalações. Cerca de 1.000 crianças de 4 a 12 anos irão a escolas sem cadernos, livros ou mochilas. Cada um deles, no entanto, terá o seu próprio iPad.

O projeto foi apresentado em março de 2012 e cerca de um ano depois já está sendo colocado em prática, conforme informou o SPIEGEL ONLINE. Agora, será que os nomes das escolas serão mesmo “Steve Jobs”? [9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários