Em novo comercial, Microsoft continua atacando o iPad; empresa sofre para conseguir vender Surfaces

Microsoft Surface

A Microsoft já pisou na bola em seus recentes comerciais atacando o iPad, mas até que o novo dessa série ficou legal.

Neste, a empresa continua destacando recursos/funções do Surface que não estão presentes na tablet da Apple, como um apoio nativo para deixar o aparelho em pé, entrada USB, acessório que conta com um teclado físico (vamos combinar que esse tipo de acessório existe aos montes para iPads) e o preço inferior.

Mas se a verdade é que se empresa comandada pelo fanfarrão do Steve Ballmer quiser mesmo atingir a Apple, precisa fazer mais do que isso. Ontem ela apresentou os resultados financeiros de seu quarto trimestre fiscal de 2013, com um faturamento de US$19,9 bilhões e lucros de US$4,9 bilhões (US$0,59 por ação). Os números ficaram abaixo das expectativas de Wall Street (o que não quer dizer nada), mas o que chamou mais atenção foi a baixa contábil de US$900 milhões (isso mesmo, quase US$1 bilhão!) relacionada ao Surface.

De acordo com ZDNet, a empresa pode ter nada mais nada menos do que 6 milhões de tablets em seu estoque. Você ouviu certo: *6 milhões* de Surfaces encalhados, que a empresa não consegue vender! Provavelmente por esse motivo, a companhia acabou reduzindo o preço do aparelho para tentar resolver parcialmente o problema.

Será mesmo que comerciais como esse ajudarão a Microsoft a vender o Surface? E tinha gente acreditando que esse tablet da Microsoft seria *o* iPad-killer… 😛

[via 9to5Mac]

Posts relacionados