Intel poderá fornecer versões especiais de seus novos processadores para futuros MacBooks Pro

MacBook Pro Retina

O site SemiAccurate afirmou [matéria fechada para assinantes] que a Intel fornecerá à Apple versões de alto desempenho dos processadores da família Haswell para a próxima geração de MacBooks Pro. De acordo com eles, os chips trarão uma versão especial da GPU integrada Iris Pro 5200. Além disso eles dizem que, por questões técnicas(?), nenhuma outra fabricante receberá esses processadores de alto desempenho que serão fornecidos para a Maçã.

MacBook Pro Retina

Se isso vai mesmo acontecer nós só saberemos quando os novos MBPs chegarem ao mercado — os rumores apontam para outubro. Todavia, a notícia/rumor faz bastante sentido.

Em MacBooks Air [leia aqui o nosso review da nova máquina], vimos que os ganhos em desempenho (processamento) não foram lá essas coisas por dois motivos simples: neste lançamento, o foco da Intel foi eficiência energética e melhorias nos gráficos integrados — foco este compartilhado pela Apple, já que o MBA não foi concebido para ser uma máquina “parruda” e sim o modelo mais “doméstico”. Assim, a empresa conseguiu entregar uma bateria que dura até 12 horas, algo incrível.

Por outro lado, os MBPs *precisam* necessariamente de mais poder, já que o público-alvo desses computadores almeja justamente isso. Assim, enquanto eficiência energética também é algo bem-vindo, o foco deverá ser mesmo poder de processamento, gráficos mais potentes, etc.. Se a Apple conseguir fazer isso mantendo/aumentando a duração da bateria dos MBPs Retina (hoje em torno de 7 horas de uso), será um grande avanço — veja aqui um suposto benchmark dessas máquinas ainda não lançadas.

Já os MacBooks “normais” (sem tela Retina e com drive óptico)… bem, esses podem nem mesmo receber uma atualização — ninguém sabe ao certo os planos da Apple para eles.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários