Apple Brasil ajuda consumidores a não comprarem seu Thunderbolt Display com aumento inesperado de quase 40%

Thunderbolt Display de frente

Há mais de dois anos, em julho de 2011, a Apple lançou o seu Thunderbolt Display, o qual chegou para substituir o antigo LED Cinema Display. Na ocasião, a companhia matou o modelo de 24 polegadas e deixou apenas o de 27 à venda.

Desde então, os preços eram de US$1.000 nos Estados Unidos e de R$3.600 no Brasil. O valor nacional já era um absurdo de caro, mas dentro dos padrões de iProducts que estamos acostumados por aqui.

Thunderbolt Display de frente

Nos últimos dias, porém, a Apple Brasil fez algo totalmente inusitado: do nada, aumentou o preço do monitor para R$5.000 — uma diferença de quase 40%. A mudança foi notificada a nós pelo leitor Ronaldo Lacerda, que estava em busca de um e ainda conseguiu adquirir por R$3.600 numa revenda (na verdade por R$3.350, pois conseguiu um desconto no ato da compra).

O Ronaldo nos contou que ainda visitou uma Apple Premium Reseller a qual já estava com a tabela atualizada e que um vendedor teve a audácia de lhe informar que o aumento era referente à recente chegada de um “novo modelo” do Thunderbolt Display.

Não faz muito tempo que surgiram rumores sobre o lançamento de um novo Thunderbolt Display, mas até agora isso é pura especulação. A expectativa é que ele atualize suas portas USB para a versão 3.0, obtenha uma melhor câmera FaceTime e que quem saiba ganhe uma tela Retina. Ainda assim, com tudo isso, dificilmente o preço do produto irá mudar nos EUA. E mesmo considerando que essa nova geração já tivesse sido lançada, a subida de preço por aqui não se justificaria — ao menos não em 40%.

Fica então o nosso agradecimento à Apple Brasil por ter dado uma dica a todos nós, consumidores, para não mais comprarmos o Thunderbolt Display. Quem sabe, quando o novo modelo for finalmente lançado, eles caiam na real e tragam o valor de volta a um patamar “razoável”.

O MacMagazine entrou em contato com a Apple para tentar obter uma declaração sobre o aumento e atualizará este artigo caso ela concorde em dar uma. O que é impossível muito difícil de acontecer.

Posts relacionados

Comentários