Antigo hospital é encontrado durante construção de nova loja da Apple em Madri

Hospital encontrado em escavações de Apple Store

Pode até parecer filme de suspense daqueles típicos da Netflix, mas foram descobertos num prédio em Madri (Espanha) — onde uma nova Apple Retail Store será inaugurada até o final do ano — vestígios de um hospital construído há seis séculos. O mais curioso é que os sinais do centro de saúde centenário foram encontrados no porão do edifício de 6.000 metros quadrados perto de celulares e outros aparelhos desenvolvidos na Califórnia e produzidos na China em pleno século XXI.

Hospital encontrado em escavações de Apple Store

De acordo com o jornal espanhol EL PAÍS, com a reforma do prédio, conhecido antigamente por abrigar o Hotel Paris, as paredes do Hospital Buen Suceso que ficava anexo à igreja de mesmo nome apareceram imponentes. Os dois imóveis foram destruídos em 1854 para dar lugar a um dos locais mais famosos da capital, o Puerta del Sol. No entanto, os restos da igreja foram achados durante a construção de uma estação de metrô em 2009, interrompendo a obra por dez meses.

Assim como as ruínas da igreja foram preservadas no mezanino da estação do metrô, protegidas por divisórias de vidro, Jaime Ignacio Muñoz, diretor geral do Patrimônio Histórico da Comunidade de Madri, afirmou ao EL PAÍS que a multinacional americana está sendo instruída a preservar o que sobrou do hospital. Muñoz sugeriu à Apple mudar o piso do porão e manter “a simbologia”, sem alterações, do contorno das antigas paredes para que todos possam conhecer.

No entanto, a Apple, em comunicado, tinha mostrado preferência em colocar um piso de vidro, assim como na estação de metrô, para permitir que as ruínas sejas vistas e apreciadas por quem for visitar a loja, mas logo mudou de ideia afirmando que essa escolha não teria nenhum apelo visual. Apesar de ser incerto o que irão fazer, as paredes devem continuar no porão da tão aguardada 11ª Apple Store da Espanha e 4ª de Madri, destacando ainda mais a história espanhola.

[dica do Bruno Melo]

Posts relacionados