Review: deixe sua mesa muito mais organizada com o Thunderbolt Express Dock, da Belkin

Thunderbolt Express Dock, da Belkin

Há algum tempo eu venho expressando minha frustração ao entrar em Apple Retail Stores e não ver novidades relevantes na parte de acessórios — normalmente as lojas contam com mais variações de capinhas do que qualquer outra coisa.

Publicidade

Thunderbolt Express Dock, da Belkin

Eis que finalmente fiz uma rápida viagem aos Estados Unidos no penúltimo final de semana de agosto e, na parada obrigatória que faço em alguma Apple Retail Store, me deparei com a Thunderbolt Express Dock (da Belkin), muito útil para pessoas que, assim como eu, usam um MacBook Air para trabalhar.

Um dos principais objetivos de uma dock station (ou base para notebooks, como muitos conhecem) é deixar conectado a maioria dos dispositivos, cabos e acessórios que normalmente você liga ao notebook. Assim, de forma rápida, você acopla seu notebook a ela sem ficar no eterno tira/coloca cabo.

Thunderbolt Express Dock, da Belkin

Além disso, normalmente uma base dessas amplia o número de portas disponíveis no seu notebook. A Thunderbolt Express Dock está fazendo direitinho a lição de casa, já que conta com:

Publicidade
  • Uma porta Gigabit Ethernet
  • Uma porta FireWire 800
  • Duas portas Thunderbolt
  • Uma saída de fone de ouvido de 3,5mm
  • Uma entrada de audio de 3,5mm
  • Três portas USB 3.0

Quem tem um MacBook Air e precisa ligar vários dispositivos ao mesmo tempo sabe como é ter que lidar com apenas duas portas USB. Embora o mundo esteja cada vez mais conectado através de Wi-Fi e serviços na nuvem, muitas empresas ainda não priorizam essa conexão como principal e acabamos utilizando o adaptador da Apple que transforma uma porta USB em saída de rede Ethernet — com isso, me restava somente uma porta USB livre.

Thunderbolt Express Dock, da BelkinThunderbolt Express Dock, da Belkin

Com uma fonte de alimentação de energia externa, a Thunderbolt Express Dock nos possibilita carregar dispositivos sem consumir a energia do computador conectado a ela. No meu caso, conforme as imagens mostram, conectei cabo de rede, base do iPhone 5 (por coincidência da Belkin, também), adaptador VGA (para ligar monitor externo) e iPad. Quando chego ao trabalho, conecto apenas o cabo Thunderbolt ao meu MacBook Air e tudo começa a funcionar.

Thunderbolt Express Dock, da BelkinThunderbolt Express Dock, da Belkin

Todavia, nem tudo é só alegria. As portas USBs não têm força suficiente para carregar o iPad se ele estiver em uso — se você o deixar com a tela desligada, ele carrega normalmente. Ao deixar ligado, aparece a mensagem “Not Charging” (“Não Está Carregando”). No momento em que escrevo este post, meu iPad está com a tela desligada e já carregou uns 4%. Independentemente disso, é possível sincronizar com o iTunes normalmente e ter acesso às suas informações.

Publicidade

Agora, a parte que você tem que avaliar bastante é o custo/benefício. O acessório custa US$300, mais os impostos. Como eu estava quase comprando um hub USB para ampliar as portas do MacBook Air, para mim foi muito útil. Infelizmente não sabemos se esse produto chegará ao Brasil e por quanto ele seria vendido.

Dúvidas sobre a Belkin Thunderbolt Express Dock? Use e abuse dos comentários! 😉

Posts relacionados