Sony lança suas lentes poderosas para serem utilizadas com smartphones

Lentes QX100 e QX10, da Sony

Em meados de agosto falamos que a Sony estaria preparando duas lentes bem poderosas para serem utilizadas com iPhones — e com smartphones Android. Hoje, a empresa japonesa apresentou oficialmente os acessórios.

São dois, os novos brinquedos: as lentes SC-QX100 e DSC-QX10. Ambas se comunicam com smartphones via Wi-Fi — em aparelhos equipados com NFC, basta encostar a lente para que o acessório se conecte. O legal de um acessório como esse é que temos em nossas mãos um sensor de alta resolução, capaz de tirar melhores fotos do que as câmeras “normais” de smartphones. Além disso, essas lentes trazem zoom óptico SteadyShot e controles manuais.

Lentes QX100 e QX10, da Sony

Lentes QX100 e QX10, da Sony

Só que a Sony foi além, nos possibilitando tirar fotos de qualquer ângulo já que as lentes não precisam necessariamente estar acopladas ao smartphone para que as fotos sejam feitas. É possível posicionar a lente num local/ângulo longe afastado do aparelho, tirar a foto e ver/compartilhar tudo pelo telefone.

Lente QX100, da Sony

A QX100 é a lente topo-de-linha. Ela conta com o mesmo sensor CMOS de 1 polegada e 20 megapixels da câmera RX100 e uma lente Carl Zeiss Vario-Sonnar T*, zoom óptico de 3,6x, abertura máxima de f/1.8 (grande angular) e f/4.9 (tele), entre outras coisas.

Lente QX10, da SonyLente QX10, da Sony

Já a QX10 tem um sensor CMOS de 18 megapixels menor, é mais leve (180 vs. 105 gramas), conta com lentes Sony G, zoom óptico de 10x, abertura máxima de f/3.3 (grande angular) e f/5.9 (tele), etc. — ambas gravam vídeos com uma qualidade de 12MP (1440×1080 e 30fps) e trabalham com cartões microSD.

Como disse, elas podem muito bem ser utilizadas sem necessariamente estarem acopladas com telefones. Contudo, existem acessórios para prendê-las aos aparelhos — em alguns casos (smartphones da Sony), até mesmo cases para fixá-las de forma mais fácil. As lentes estão em pré-venda por US$500 (QX100) e US$250 (QX10).

[via TechCrunch]

Posts relacionados