Na China, preços de iPhones decepcionam; no Japão, acordo com operadora é confirmado e já existe fila

iPhone 4 com iOS 7

Para vender mais e mais iPhones, a Apple precisa da China. Hoje, a empresa tem parceria com duas operadoras por lá: China Telecom e China Unicom. Só que a maior do país, a China Mobile, ainda não tem um acordo com a Maçã e é justamente isso que a empresa quer mudar.

Publicidade

Como sabemos, a Apple convidou a imprensa chinesa — além da japonesa e da alemã — para eventos-satélite. Só que, na China, nada de muito especial aconteceu — pelo menos foi o que informou o The Register. Basicamente, ocorreu uma reprise do vídeo que já está disponível inclusive no site da Apple e na iTunes Store, através do podcast “Apple Keynotes”.

Edmond Lococo, da Bloomberg, afirmou o evento chinês contou apenas
com uma retransmissão de tudo o que rolou nos Estados Unidos.

Nem mesmo o suposto acordo entre Apple e China Mobile foi anunciado — algo totalmente plausível já que, pela primeira vez, existem modelos de iPhones (tanto do 5c quanto do 5s) compatíveis com a rede TD-LTE da maior operadora do mundo. Existe, porém, uma teoria para isso: de acordo com o Unwired View, esses novos aparelhos já foram inclusive aprovados pelo MIIT (Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, órgão que desempenha o papel da nossa ANATEL por lá). Só que a China Mobile só deverá receber as licenças para as redes TD-LTE em novembro, por isso, até que tudo esteja realmente pronto, é possível que as duas companhias estejam segurando o acordo.

Publicidade

Assim como no Brasil, uma coisa incomodou os chineses: preços. O iPhone 5c custará RMB4.488 (16GB) e RMB5.288 (32GB) respectivamente, algo em torno de US$$733 e US$864, ou R$1.685 e R$1.986. Lá nos Estados Unidos, os mesmos aparelhos desbloqueados saem por US$549 e US$649. Apenas como comparação, o aparelho Mi-3, da Xiaomi (que faz bastante sucesso no país), custa RMB1.999 (16GB), algo em torno de US$326, ou R$750. Já o iPhone 5s sairá por RMB5.288 (16GB), RMB6.088 (32GB) e RMB6.888 (64GB) — respectivamente US$864, US$994 e US$1.125, ou R$1.986, R$2.286 e R$2.587.

iPhone 4 com iOS 7

Ontem nós comentamos que o iPhone 4 continua à venda no Brasil. Ficamos na dúvida se isso é algo temporário (até que os novos modelos pintem por aqui), mas parece que a Apple tem uma outra estratégia para países emergentes (como a China e o nosso). Se nos EUA a Apple comercializa três modelos de iPhones (5s, 5c e 4s), aqui e na China temos também o iPhone 4 dentro dessa grade. Diferentemente do Brasil, a China receberá os novos modelos (5s e 5c) na primeira leva de países (20 de setembro). Mesmo assim, o iPhone 4 continua sendo comercializado na loja online da empresa — o aparelho, que tem 8GB de capacidade, custa RMB2.588 (cerca de US$422, ou R$972).

Publicidade

No Japão, Apple e NTT DoCoMo confirmaram a parceria e os novos iPhones estarão disponíveis para compra também na sexta-feira da semana que vem — ainda que os preços sejam uma incógnita.

Fila no Japão para comprar os novos iPhonesFila no Japão para comprar os novos iPhonesFila no Japão para comprar os novos iPhones

Independentemente disso, já tem gente formando fila para comprar os novos aparelhos — que só começarão a ser vendidos no dia 20/9, é bom lembrar! Nosso leitor Geziel Nascimento estava numa Apple Retail Store e flagrou o pessoal já se aglomerando.

Posts relacionados