Confira várias fotos e as minhas primeiras impressões do iPhone 5s dourado

iPhone 5s dourado

Nada melhor do que dois dias inteiros utilizando o aparelho para começar a notar as diferenças…

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

Como peguei o iPhone 5s dourado (diferentemente do Marco, que lá no Japão escolheu um “cinza espacial”), vamos começar pela parte visual. Ele é realmente bem bonito, porém, não achei uma diferença muito grande em relação à versão branca/prata. Nas fotos o dourado parece ser mais “ouro” do que realmente se mostra no dia-a-dia. Eu tinha um iPhone 5 branco; quando olho pro novo, não dá aquela sensação de ter mudado mesmo de aparelho. Se você colocar uma capa que cubra o fundo, então, é quase a mesma coisa que pegar o branco/prata.

As bordas pintadas de dourado parecem ser mais resistentes que as da versão antiga na cor preta; tirei e coloquei a capinha dezenas de vezes e nenhum arranhão apareceu.

Como usuário de várias gerações de iPhone, a mudança no botão Home para mim foi mais significativa em sua aparência. Ele agora tem um anel dourado e não possui mais o desenho quadrado dentro dele.

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

Achei o processo de configuração inicial do aparelho um pouquinho demorado, pois agora temos que cadastrar a(s) digital(is), mas lógico que você pode deixar para fazer isso depois.

Usando o iPhone 5s nestes dois dias, dá pra ver bem que alguns apps abrem sutilmente mais rápidos do que no 5; notei isso principalmente por ter utilizado o iOS 7 desde a sua primeira beta e comparando com as versões finais e com a Golden Master (GM). No 5s todas as transições de tela, abertura de pastinhas, transição entre apps, etc. fluem muito bem.

Demorei um pouco para me acostumar com o fato de que posso destravar o iPhone com o meu dedo, mas já tenho certeza de que será bem difícil ficar sem isso daqui pra frente. O processo de reconhecimento e abertura era minha grande duvida — se seria algo que aconteceria rapidamente, e lhes respondo: é *muito* rápido.

Sei que o que falarei a seguir é errado, mas as fotos que tirei dirigindo ficaram bem melhores do que as que eu tirava com o iPhone 5. Vejam esta abaixo, com o carro em movimento em uma avenida levemente ondulada:

Foto tirada do carro com o iPhone 5s

Tirei algumas fotos no modo Burst, mas reconheço que foi sem querer; me deixou impressionado a agilidade para fazer isso, mal percebi que estava no modo Burst de tão rápido que ele tira as fotos. São dez por segundo.

Por enquanto comprei uma case original da Apple para proteger o aparelho, enquanto não acho nada transparente. Sou meio chato no cuidado com meus iGadgets, mas essa capa eu não gostei muito, é bem leve, mas dá um grande trabalho para tirar o aparelho. Se fosse o antigo iPhone 5 preto já estaria todo marcado, mas vamos deixar os comentários da case pra um outro post.

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

iPhone 5s dourado

Foto: Henrique Cunha.

A propósito, escrevi todo este artigo usando o próprio iPhone 5s. Para mim, ele também ficou mais rápido para navegar pelo texto e fazer edições. 😉

Posts relacionados

Comentários