Jornal afirma que Apple estaria interessada em contratar empregados da BlackBerry

Logo da BlackBerry

O atual declínio da BlackBerry, que divulgou em setembro passado um prejuízo de US$950 milhões no seu último trimestre fiscal, é bastante preocupante para todos que atualmente possuem algum vínculo com a empresa, tanto empregatício quanto econômico. Além de apresentar seus planos de saída do mercado doméstico de smartphones, a empresa também aproveitou a última conferência com investidores para definir um corte de mais de 4.500 empregados.

Logo da BlackBerry

Nesta semana, estão em destaque notícias em torno de um plano de compra dos atuais papéis da empresa no mercado de ações, que seria concretizada por um fundo de investidores (formado pelo ex-CEO Mike Lazaridis e outras organizações), visando torná-la privada. Em meio à proposta de reestruturação, quem teria interesse em absorver parte dos colaboradores da ex-gigante dos smartphones seria a… Apple!

Segundo o jornal canadense Financial Post, recrutadores da empresa estariam alocados em uma cidade próxima a Waterloo (sede da BlackBerry no Canadá) para receber empregados chamados via LinkedIn, a fim de se juntar às equipes responsáveis pelo desenvolvimento do iPhone. Evidentemente a Apple se recusou a comentar o caso, mas o jornal alega ter obtido acesso a convites da Maçã enviados através da rede social para alguns membros da BlackBerry.

De acordo com os convites, a maior parte das posições oferecidas pela Apple seria ocupada nos Estados Unidos, demandando mudanças e apoio imigratório que a empresa inclusive estaria disposta a arcar. Além dela, a Intel também estaria analisando a contratação de membros da BlackBerry para integrar os seus projetos ligados a dispositivos móveis.

Um êxodo de empregados era esperado após os anúncios do mês passado, mas isso não é um evento recente. Em janeiro, sete membros da equipe de design do BlackBerry 10 já tinham abandonado a companhia para formar um estúdio de design voltado para experiências de usuário, o Topp. Antes da canadense, eles também trabalharam no conceito da primeira versão do Android, além de outros projetos.

Posts relacionados

Comentários