Eis uma possível explicação para os desníveis do sensor de movimento do iPhone 5s

Desnível de iPhones 5s

Na semana passada nós comentamos que o sensor de movimento do iPhone 5s está mal calibrado e que, por isso, o aparelho apresenta um desnível significativo. Eis que Eagle Jones (PhD e CEO da RealityCap) trouxe uma possível explicação para isso. Já adianto que o assunto é altamente técnico — para os mais entendidos do assunto, sugiro ler o post completo de Jones para captar todos os detalhes.

Desnível de iPhones 5s

Crédito da imagem: Gizmodo US.

Resumidamente, a culpa é do acelerômetro. Em iPhones de gerações passadas, a Apple utilizava um sensor da STMicroelectronics (LIS331DLH); agora, no iPhone 5s, a empresa trocou para um da Bosch-Sensortech (BMA220). De acordo com Jones, duas coisas importam nessa peça de hardware: densidade de ruído (noise density) e viés (bias). A densidade de ruído do sensor da Bosch é bem similar à da STMicroeletronics; já o viés, não.

Jones explica que a medida típica do viés do acelerômetro da STMicroelectronics é de +/- 20mg (mili-g, ou um milésimo de gravidade padrão), enquanto que a do sensor da Bosch é de +/-95mg. Tudo isso foi comprovado por testes realizados por ele — traduzindo, +/- 20mg representa uma diferença de -1 grau de precisão na detecção da inclinação, então, +/- 95mg bate com os -5 graus de inclinação encontrados por muitos consumidores.

A boa notícia é que desenvolvedores podem compensar esse desnível incorporando um processo de calibração dentro de seus apps — a RealityCap está trabalhando num código para facilitar as coisas. Além disso, a Apple também teria como corrigir isso através de uma atualização de software — esperamos que isso aconteça num futuro não muito distante.

[via Gizmodo US]

Posts relacionados

Comentários