Confira o que as pessoas que já testaram o iPad mini com tela Retina acharam do novo tablet

iPad mini com tela Retina

Promessa é divida! Vocês já conferiram o que algumas pessoas que testaram o iPad Air acharam do novo tablet. Agora chegou a hora de ver algumas opiniões sobre o iPad mini com tela Retina:

iPad mini com tela Retina


Brad Molen, do Engadget

Do lado de fora não há muita coisa que a gente não tenha visto antes — na verdade, ele ainda traz o mesmo botão Inicial (Home) de sempre, indicando que não conta com o sensor de impressão digital Touch ID. Mas existe uma grandiosa exceção: a tela Retina de 2048×1536 pixels a 324ppp. São os mesmos pixels encontrados no iPad Air (264ppp), o que significa que ele tem uma densidade muito melhor do que o seu irmão maior. E até mais importante, se compararmos com o iPad mini original lançado no ano passado, este é um salto bastante significativo em termos de resolução e ficamos muito mais impressionados com o resultado desse mini.

Dieter Hohn, do The Verge

Acabamos de olhar pela primeira vez para o novo iPad mini com tela Retina e a nossa impressão é de que é uma mudança iterativa [comparado ao iPad mini] do ano passado, mas, às vezes, é isso que você precisa para fazer um ótimo produto.

Chris Davies, do SlashGear

Enquanto o iPad Air é uma bela façanha de engenharia e design, com o iPad mini com tela Retina oferecendo agora a mesma resolução de tela, a mesma performance e a mesma câmera, se tivéssemos que escolher, achamos que optaríamos pelo tablet menor — se fossemos [apenas] usuários móveis, com toda certeza.

Darrell Etherington, do TechCrunch

A Apple pode ter melhorado o poder do processador do iPad mini com o chip A7 e acrescentado uma opção de armazenamento de 128GB, além de uma cobertura global LTE muito melhor, mas a tela Retina é o que realmente vai valer os US$70 a mais sobre o custo original do iPad mini de primeira geração. E considerando que você tem um iPad essencialmente tão poderoso quanto seu irmão maior em um formato pequeno, capaz de ser segurado com uma mão, o pequeno acréscimo no preço vale a pena com base em minhas impressões iniciais.

Sascha Segan, da PCMag.com

Eu acho que eu já escrevi isso no ano passado. Eu provavelmente escrevi. O problema-chave do mini é que ele mantém o ritmo contra a concorrência, mas custando US$400, US$170 a mais do que os os US$230 do Google Nexus 7 e do Amazon Kindle Fire HDX. O modelo deste ano iguala a tela da concorrência e ganha em poder de processamento, mas isso não inverte o jogo de nenhuma maneira.

[…] Isso torna a pergunta do mini bem diferente da do iPad Air: aqui, você deve se perguntar por que pagar muito mais para os produtos da Apple? Sem nenhum recurso disruptivo, a resposta tem que ser os apps e a experiência suave do sistema. Por quanto tempo a Apple poderá se garantir nisso?

Scott Stein, da CNET News

De verdade, existiam duas coisas que o iPad mini original, de 2012, precisava para se tornar um pequeno tablet perfeito: uma tela Retina e um processador melhor (o mini tinha uma tela de 1024×768 pixels e um processador A5, de 2011). Com o novo e anunciado iPad mini com tela Retina, ambos os desejos foram atendidos.

Anand Lal Shimpi e Brian Klug, do AnandTech

A dupla não chegou a escrever nada sobre o iPad mini com tela Retina, apenas postou o vídeo de hands-on do aparelho. Mas é interessante dar uma olhada pois Klug procura utilizar o novo tablet de uma maneira bem rápida, usando e abusando de gestos, testando a velocidade da câmera iSight, entre outras coisas.

Dá pra perceber que o iPad mini com tela Retina tem uma performance bem superior à do modelo de primeira geração — algo já esperado, afinal, a Apple pulou duas gerações de chips (A6 e A6X), indo do A5 diretamente para o A7. Ainda assim, não deixa de ser bom confirmar isso.

·   ·   ·

Uma pena que o iPad mini com tela Retina ainda não tenha data definida para ser lançado — por enquanto, a Apple fala apenas em novembro. Levando em consideração que ele deverá chegar ao mercado mais para o final do mês, muito provavelmente algumas pessoas sofrerão para comprar/ganhar essa belezura de Natal, já que a procura deverá ser grande e os estoques, baixos.

Posts relacionados