Alguns iPads mini com tela Retina estão apresentando retenção de imagens [atualizado]

Retenção de imagens, persistência de imagens, fantasma (ghost images)… chame como quiser, mas esse problema parece ser o calcanhar de Aquiles de alguns produtos da Apple.

Não faz ideia do que seja isso? Eu explico. Na verdade, a própria Apple explica neste artigo de suporte, veja só [grifo nosso]:

A tecnologia in-plane switching (IPS) é usada nos monitores mais avançados atualmente, incluindo Apple Cinema Display e Thunderbolt Display, além dos monitores integrados de computadores iMac e MacBook Pro com tela Retina. A tecnologia IPS aprimora a experiência visual fornecendo ângulos de visualização total de 178º em todas as direções. Isso torna as telas IPS ideais para a exibição de conteúdos para várias pessoas, além de não alterar as características de exibição da imagem, da impressão e do fluxo de trabalho de produção de vídeo.

Na tela IPS, quando uma imagem como a janela de início de sessão é deixada na tela por um longo período de tempo, pode ser que você veja temporariamente uma marca remanescente da imagem, mesmo depois de uma nova imagem tê-la substituído. Isso é chamado de “persistência”, “retenção de imagem” ou “fantasma”. É um comportamento comum em telas IPS, e a imagem marcada desaparecerá com o tempo.

A empresa até mesmo ensina o que fazer para que essas imagens fantasmas sumam da tela do seu Mac:

Você pode evitar a persistência de imagem usando o recurso de repouso do monitor para desligá-lo quando não estiver em uso. Você também pode usar a proteção de tela para que uma imagem estática não permaneça em exibição por muito tempo. Estes recursos vêm ativados como padrão no OS X, mas você pode ajustar as configurações conforme a sua necessidade.

Quando a Apple lançou o MacBook Pro com tela Retina, muita gente sofreu com esse tipo de problema — que a Apple parece apresentar como algo “normal” em seu artigo de suporte.

O problema é que, em muitos casos, essa retenção de imagem é bem incômoda e demora bastante para sair, o que levou alguns clientes a reclamarem — e a Apple a trocar a tela (ou até mesmo a máquina). Só que isso é praticamente uma loteria: algumas pessoas chegaram a trocar o monitor de MacBooks Pro Retina uma, duas vezes e o problema persistia. Pelo que parece, de acordo com a explicação da Apple, isso é algo intrínseco à tecnologia IPS. Por outro lado, algumas telas realmente não apresentam o problema, o que coloca uma pulga atrás da nossa orelha.

Mas por que trazer esse assunto à tona novamente? Pois não são apenas Macs que utilizam esse tipo de tela (IPS): as telas Retina de iPads também contam com essa tecnologia e, pelo que parece, o novo modelo do mini também está apresentando essas retenções de imagens.

Marco Arment (criador do Instapaper) adquiriu um iPad mini com tela Retina e constatou o problema. Para testar, ele utilizou o mesmo método difundido na época do MacBook Pro Retina, o qual consiste em pegar uma imagem como essa, abaixo, e deixar estampada na tela do aparelho por alguns minutos.

Xadrez

Depois, ele substituiu a imagem por uma com fundo sólido, de uma única cor (escura, de preferência), como essa:

Cinza

O resultado foi esse:

Retenção de imagem num iPad mini com tela Retina

Neste exemplo a coisa está bem pior, veja só:

https://twitter.com/DavAym/status/401416869175111681

Arment explica: “Não é o tipo de problema que eu observaria no uso real [do produto] — eu nunca notei isso no meu MacBook Pro Retina, que tem uma retenção de imagem pior que o iPad em meus testes.”

É importante frisar que alguns amigos de Arment os quais também possuem o novo iPad mini fizeram o mesmíssimo teste e não encontraram problemas — John Gruber, do Daring Fireball, foi um deles. Até por isso, Arment afirmou que tentará trocar o seu mini com a Apple. Ele também disse que fez o mesmo teste em seu iPhone 5s e no iPad Air de sua esposa e ambos *não* apresentaram o problema.

Como sabemos, os estoques do iPad mini de segunda geração estão bem escassos e o grande possível motivo para isso seria justamente a produção das novas telas Retina do aparelho. A única coisa que eu acho estranha é a Apple encarar esse tipo de problema como algo normal (vide artigo de suporte) e mesmo assim realizar trocas de aparelhos/telas, dando a entender que trata-se, sim, de uma falha do produto. :-/

[via Cult of Mac, MacRumors]

Atualização · 18/11/2013 às 20:00

Mais uma notícia ruim para quem pretende adquirir um iPad mini com tela Retina. Tanto Anand Lal Shimpi (do site AnandTech) quanto Dr. Raymond M. Soneira (da empresa DisplayMate) avaliaram o novo aparelho e não gostaram nada do que viram em relação a gama/precisão das cores da tela do iGadget.

Apesar de ter a mesma resolução do iPad Air, a tela do mini de segunda geração tem a mesma gama de cores que o mini de primeira geração e o iPad 2. O problema, aqui, é que se formos comparar com outros tablets de 7 polegadas — como o Nexus 7 e o Kindle Fire HDX —, o mini oferece uma gama/precisão de cores pior.

Gama de cores (teste da DisplayMate)

Para Soneira, isso é fruto da escolha da Apple de apostar na tecnologia IGZO (da Sharp), que resultou em problemas de produção e tela inferior; Google e Amazon, por outro lado, apostaram em telas LTPS (low-temperature polycrystalline silicon) e pontos quânticos (quantum dots), respectivamente.

E eles não estão sozinhos: Jeremy Horwitz (do iLounge) também notou essa diferença, mostrando tudo na prática:

Gama de cores - iPad Air vs. iPad mini com tela Retina

Uma possível explicação para isso é que, como a tela do iPad mini é 35% maior que a de seus concorrentes devido ao formato 4:3 (Nexus 7 e Kindle Fire KDX têm o formato 16:9), o custo de produção da Apple seria maior se ela utilizasse um display LTPS, por exemplo. Mas independentemente do motivo, a Apple sempre foi conhecida pelo material de primeira linha utilizado em seus produtos e, desta vez, ela parece ter mesmo pisado na bola — ainda mais levando em consideração que o mini de segunda geração teve um acréscimo de US$70 no preço (lá fora) justamente por conta das melhorias.

[via MacRumors, 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários