↪ Em premiação, Tim Cook defende novamente a luta pela igualdade e pelos direitos humanos

Discurso de Tim Cook na Universidade de Auburn

Em seu 20º ano reconhecendo pessoas e parcerias que fazem contribuições significativas e duradouras para o bem-estar local e ao redor do mundo, a Faculdade de Ciências Humanas da Universidade de Auburn honra Tim Cook e Howard G. Buffett na Prêmiação Anual Internacional de Qualidade de Vida na quinta-feira, 10 de dezembro, na cidade de Nova York.

É interessante ver como Cook relacionou seu passado (ele viu muita discriminação quando criança) com seu presente. O chefão da Apple disse não medir esforços para criar produtos sem barreiras, os quais qualquer pessoa — independentemente de deficiências — possa usar. Além disso, Cook citou o esforço que a empresa faz para que suas parceiras levem o código de conduta da Apple adiante e o apoio total ao Employment Non-Discrimination Act (ENDA, algo como “Ato de Não-Discriminação de Empregados”), mencionando novamente os líderes que mais influenciaram seus ideais: Robert Kennedy e Martin Luther King Jr. [AllThingsD]

Posts relacionados

Comentários