Futura vice-presidente de varejo da Apple será nomeada Dama do Império Britânico; “Fast Company” traça perfil completo de Angela Ahrendts

Angela Ahrendts

Não falamos nada sobre Angela Ahrendts desde o final de outubro do ano passado, até porque ela só assumirá o cargo de vice-presidente sênior de varejo na Apple neste outono (entre março e junho).

Angela Ahrendts

A Vogue noticiou ainda ontem que Ahrendts será nomeada em breve Dama do Império Britânico, um título similar/equivalente ao recebido por Jony Ive em maio de 2012, de cavaleiro britânico. Junto dela, entrará também para esse seleto grupo Melinda Gates, esposa do Tio Bill cofundador da Microsoft.

Aos interessados em saber mais sobre a ainda CEO da Burberry, a Fast Company publicou recentemente um perfil completo sobre Ahrendts, que aos seus 53 anos de idade terá em breve a missão de gerenciar uma das redes de lojas mais bem-sucedidas do planeta — ou quem sabe até revolucioná-la (não que isso seja preciso).

Para uma negociante talentosa e ambiciosa como Ahrendts, porém, revitalizar o gigantesco negócio de varejo da Apple pode ser o maior desafio. A receita anual das Apple Stores, de pouco mais de US$20 bilhões, é mais de seis vezes a da Burberry, seu staff de 30.000 pessoas é quase três vezes maior, e seus produtos se enraizaram mais no cotidiano de consumidores.

Mesmo sem ter iniciado os trabalhos em Cupertino, Ahrendts já me soa como uma pessoa bem (bota bem nisso!) mais certa para esse cargo do que John Browett.

[via Cult of Mac, Daring Fireball]

Posts relacionados

Comentários