Histórias de bastidores: em 2001, Steve Jobs queria que notebooks da Sony rodassem o Mac OS

Sony VAIO rodando o Mac OS

Diferentemente de Macs mais antigos (equipados com processadores PowerPC), os atuais (que contam com chips da Intel) são capazes de rodar o sistema operacional Windows. Mas você já imaginou o contrário? PCs rodando o OS X, sistema operacional desktop da Apple? Sim, eu sei que isso é possível montando um Hackintosh. Mas estou me referindo a algo oficial, licenciado de fato pela Apple.

Se Tim Cook e sua equipe de executivos tomassem uma decisão dessas, hoje muitos falariam que “a Apple não é mais a mesma”, que “Steve Jobs estaria se revirando no túmulo”, que “a empresa vai pro buraco”, entre outras famosas frases destacáveis da era pós-Jobs.

Pois acreditem: quando retornou à Apple em 1997, Jobs tratou de acabar com todos os acordos de licenciamento que a empresa havia firmado com outras fabricantes de computadores os quais rodavam o Mac OS (sistema que precedeu o OS X). Contudo, no começo da década de 2000, o cofundador e ex-CEO da Apple queria que os notebooks VAIO, da Sony, rodassem o sistema operacional da Apple.

Sony VAIO rodando o Mac OS

Pelo menos é isso que o jornalista japonês Nobuyuki Hayashi, o qual cobre notícias do mundo Apple há mais de duas décadas, afirmou. De acordo com ele, Kunitake Andō (presidente da Sony na época) e Jobs se encontraram em 2001. Depois de jogar uma partida de golfe com outros executivos da empresa japonesa, Andō disse que o ex-CEO da Maçã — acompanhado de outros executivos — estava esperando pelos chefões da Sony no final do campo de golfe segurando um VAIO. Detalhe: o computador estava rodando o Mac OS.

Segundo Andō, ​Jobs admirava bastante a linha VAIO ao ponto de estar disposto a fazer uma exceção para a gigante japonesa. O momento, no entanto, era ruim. As vendas de notebooks VAIO equipados com Windows estavam começando a deslanchar e as negociações entre Apple e Sony não deram em nada.

A admiração de Jobs pela Sony era notória, mas me impressionou saber que ele chegaria ao ponto de licenciar o Mac OS apenas para ela após ter acabado com essa história de acordos na década de 1990.

Essa e outras histórias (como Jobs ajudou a criar câmeras Cyber-shot com GPS integrado, como a Sony ajudou na estratégia de lojas físicas da Apple, entre outras) podem ser lidas no site de Hayashi. 😉

[via The Verge]

Posts relacionados

Comentários