Cofundador da Apple acha que a empresa deveria lançar um smartphone com Android

Steve Wozniak

Não, não é mais uma da série Momento Humor. Steve Wozniak, cofundador da Apple, realmente falou isso em uma entrevista para a Wired.

Publicidade

Steve Wozniak

Não há nada que impeça a Apple de ficar fora do mercado Android com um telefone secundário. Nós [a empresa] poderíamos competir muito bem. Pessoas adoram o acabamento e a construção que nós fazemos em nossos produtos em comparação com as outras ofertas Android. Poderíamos jogar nas duas áreas, ao mesmo tempo.

Que tal um iPhone com Windows também, Woz?! Cairia bem, não é mesmo? Aí, a Maçã não teria mais com o que se preocupar! Que ideia…

E não entendi essa de ele falar da Apple na primeira pessoa do plural. Ok, ele ainda é um empregado[1], mas há muito tempo perdeu contato com o dia-a-dia da companhia — consequentemente, não tem palavra lá dentro.

Publicidade

Ao menos ele foi um pouco mais coerente quando questionado sobre a inovação dentro da Apple, a expectativa de um novo produto em uma nova categoria e o motivo da demora. Woz acredita que a Apple está esperando o momento certo para anunciar novos produtos como um “iWatch” ou uma nova Apple TV/”iTV”.

Grandes produtos são criados num desenvolvimento secreto. Você junta pequenas equipes de ótimas pessoas para trabalhar e eles não se preocupam com outras comentando sobre o que estão fazendo enquanto estão fazendo. Uma nova categoria de produto não surge todos os dias. Pode acontecer uma vez em uma década. Às vezes temos que esperar para isso acontecer.

Ele também tratou de dar uma espetada na Samsung, apoiando a decisão da Apple de escolher sabiamente os recursos que coloca em seus aparelhos:

Se você tem algo realmente bom, não mude-o, não estrague tudo. Você pega um telefone Samsung e diz “sorria”; ele vai e tira uma foto, mas quão inovador é isso? Trata-se apenas de incluir um monte de recursos.

Dá pra entender como ele consegue ser tão estapafúrdio e coerente em perguntas distintas num curto espaço de tempo? 😛

[via BGR]


  1. Wozniak terminou permanentemente seu trabalho de tempo integral com a Apple em 6 de fevereiro de 1987, 12 anos após ter criado a empresa. Ele continua sendo um empregado da Maçã e recebe um salário estimado de US$120 mil por ano, além de também ser acionista.  ↩

Posts relacionados