↪ Em entrevista, Jony Ive fala sobre design, Steve Jobs e o futuro da Apple

Jony Ive

Jony Ive

Nós estamos cercados por objetos anônimos, de qualidade ruim. É tentador pensar que é porque as pessoas que os usam não se importam — assim como as pessoas que os fazem. Mas o que temos mostrado é que as pessoas se importam. Não se trata apenas de estética. Elas se preocupam com coisas que são cuidadosamente concebidas e bem feitas. Nós fabricamos e vendemos muitas, muitas coisas (espero) bonitas, bem feitas. Nosso sucesso é uma vitória para a pureza, a integridade — para quem dá a mínima [importância].

[…] Se isso fosse verdade, se a Apple não pudesse mais fazer coisas inovadoras, será que Ive desistiria? “Sim. Eu pararia. Eu faria coisas para mim, para os meus amigos em casa em vez disso [de continuar na Apple]. O nível precisa ser alto.” Mas ele acrescenta: “Eu não acho que isso acontecerá. Estamos no início de um tempo incrível, quando um número notável de produtos serão desenvolvidos. Quando você pensa sobre a tecnologia e o que ela nos permitiu fazer até agora, e o que nos permitirá fazer no futuro, não estamos nem perto de qualquer tipo de limite. Ainda é tão… tão novo.”

Quem gosta de ler entrevistas com executivos da Apple não pode perder esta com Jony Ive [fechada para assinantes], feita por John Arlidge (jornalista do Sunday Times) — e republicada pela TIME [esta, sim, aberta]. Lá encontramos informações sobre a carreira de Ive, seu estilo de trabalho, sua opinião sobre Steve Jobs e, o mais importante, sua certeza que de a Apple continuará sendo uma ótima e inovadora empresa por bastante tempo. [9to5Mac]

Posts relacionados