Novos MacBooks Air trazem ganhos modestos de 6-8% em poder de processamento [atualizado]

Processador do novo MacBook Air

Conforme vocês acompanharam, a Apple lançou ontem pela manhã MacBooks Air atualizados — porém ela simplesmente fez um pequeno upgrade no processador das máquinas.

Para comprovar a afirmação da Apple, os caras da iFixit abriram uma unidade e viram mesmo que tudo lá dentro é idêntico ao modelo lançado em 2013, com exceção do processador — agora com um clock 100MHz maior.

Processador do novo MacBook Air

Mas o que isso significa na prática? Não muito, segundo mostram os primeiros testes de benchmark que estão chegando ao Geekbench Browser. Comparando os números médios da geração anterior com os novos, os ganhos foram de cerca de 6% na pontuação single-core e de 8% na multi-core. Ou seja, em tarefas do dia é algo quase imperceptível.

O bom desses novos chips “Haswell” da Intel é que eles também ajudaram a melhorar um pouco a autonomia da bateria desses novos Airs: a Apple agora promete até 9 horas no modelo de 11 polegadas e até 12 horas no de 13 polegadas — um ganho de até 2 horas na reprodução de filmes pelo iTunes, por exemplo.

Talvez a melhor das novidades desses novos Airs tenha sido a redução de US$100 em toda a linha, nos Estados Unidos (é a primeira vez que a Apple vende um notebook Mac por US$899), algo que a companhia decidiu não refletir no Brasil. Em 1º abril (infelizmente não foi mentira), os quatro modelos receberam aumentos numa média de 11,48% e, mesmo com essa redução lá fora, os valores por aqui se mantiveram os mesmos.

Por ora, ficamos ainda na expectativa de algum grande lançamento para 2014 — possivelmente de um novo MacBook [Air/Pro?] com tela Retina de 12 polegadas.


MacBook Air para miniaturaMacBook Air

Preço: a partir de R$ 4.229,10 à vista (ou em 12 vezes de R$ 391,58)
Modelos: 11 e 13 polegadas
Geração atual: começo de 2014

Botão - Comprar

[via AppleInsider]

Atualização · 02/05/2014 às 16:33

A Primate Labs compilou gráficos que mostram melhor o que falamos acima:

Benchmarks dos novos MacBooks Air

Benchmarks dos novos MacBooks Air

Observem que os modelos de 2013 que aparecem no topo dos gráficos são os personalizados com o processador de 1,7GHz, o qual também está disponível para os MacBooks Air recém-lançados.

Eles notam que, embora a diferença dos modelos 2013 para os 2014 seja pequena, o salto dado desde 2011 é significativo — chegando a 45%. Quem ainda tem um dessa época e resolver trocar, portanto, sentirá uma melhoria considerável.

Uma má notícia veio em outros testes realizados pelo pessoal da Macworld: segundo eles, por algum motivo estranho a performance dos drives flash dos novos Airs é (bem) pior que a dos anteriores. A Apple utiliza três fornecedoras diferentes de SSDs — Samsung, Toshiba e SanDisk —, o que pode dizer um pouco sobre isso. Todavia, eu não me surpreenderia se um futuro update de firmware para as novas maquininhas resolvesse essa discrepância.

Posts relacionados