Pimp my Offers e Ju$to: dois aplicativos para iPhones/iPods touch que ajudam você a economizar

App Pimp My Offers para iPhones/iPods touch

A vida no Brasil não está fácil. Por aqui, não são apenas produtos da Apple que são caros: praticamente tudo custa [bem] mais do que em países vizinhos — ou até mesmo do que em nações distantes, como na Europa.

Felizmente, existem aplicativos que nos ajudam a economizar. 🙂


Desculpe, app não encontrado.

Com o Pimp my Offers podemos encontrar ofertas próximas à nossa localização, publicar ofertas que achamos por bem serem divulgadas, compartilhar dicas com amigos/familiares, seguir amigos/pessoas as quais compartilham os mesmos interesses que nós… ou seja, contribuir para que outros também aproveitem as ofertas, ajudando a construir uma comunidade engajada em economizar.

App Pimp my Offers para iPhones/iPods touch

Segundo Juliano Tarini, fundador da MobiApps, existem planos para criar formas automáticas de destacar ofertas vigentes de supermercados e outros estabelecimentos, mas esse não é o foco do app no momento — isso acabaria privilegiando algumas regiões, além de ser um investimento muito pesado.

A ideia é contar com a ajuda do público mesmo para que a própria sociedade se ajude. No futuro, poderemos ver também a chegada de comunidades/canais de um determinado tipo de produto, por exemplo: grupos de pessoas que compartilham ofertas de bebidas em Joinville. Até mesmo uma integração com o Foursquare está nos planos, além de um modelo de publicação para estabelecimentos comerciais.


Desculpe, app não encontrado.

A ideia do Ju$to é listar os preços de bares e restaurantes que estejam próximos a você. Os preços são cadastrados e atualizados pelos próprios usuários para que estejam sempre atualizados — ou seja, assim como no Pimp my Offers, a participação da comunidade é vital.

App Ju$to para iPhones/iPods touch

O aplicativo funciona em praticamente qualquer lugar pois já é integrado ao Foursquare, puxando a lista de estabelecimentos do serviço que passará por mudanças em breve. Quer achar um local específico? Basta buscar pelo nome.

Vale notar que você precisa ter uma noção dos valores dos produtos para tirar suas próprias conclusões se o cafezinho/chopp está ou não caro num determinado estabelecimento, por exemplo. Além disso, para cadastrar um preço, é preciso logar com a sua conta do Facebook — a ideia, aqui, é garantir ao máximo que pessoas reais ajudem a construir o banco de dados.

·   ·   ·

Ambos os apps só decolarão e se tornarão realmente úteis se a comunidade for bastante participativa. Então, aos downloads! 😉

Posts relacionados

Comentários