Planos de Angela Ahrendts para as lojas da Apple envolvem a China, um sistema de pagamento móvel e mais

Angela Ahrendts

Angela Ahrendts, nova vice-presidente sênior das lojas de varejo e online da Apple, começou a trabalhar na empresa não tem muito tempo. Porém, de acordo com o 9to5Mac, os planos dela — ao menos neste primeiro momento — estão muito bem definidos: dar mais ênfase à China, a pagamentos móveis e a uma reformulação completa da experiência de vendas.

Angela Ahrendts

Para isso, Ahrendts está rearrumando sua equipe — como por exemplo tirando o executivo Steve Cano da área de varejo, deixando-o responsável por vendas internacionais, e dando mais responsabilidades para os chefes de varejo da Europa (Wendy Beckman) e da China (Denny Tuza). Por conta do jeito peculiar dos chineses, Ahrendts acredita que a Apple precisa tornar suas lojas — atualmente 10, com planos de chegar a 30 até 2016! — e suas comunicações mais amigáveis a eles.

A diferença entre Ahrendts e John Browett (ex-chefão de varejo) é visível, ao menos essa é a primeira impressão que ela está deixando para os muitos empregados de Retail Stores que receberam sua visita.

Os empregados que se encontraram com Ahrendts descreveram a nova chefe de varejo como “calorosa e genuína”, “honesta” e “apaixonada”. Um veterano do alto escalão de executivo de varejo da Apple disse: “Ela é muito Apple!”

Por conta desses papos, Ahrendts ficou especialmente interessada em melhorar o serviço de suporte da Apple por telefone, o Personal Setup, o programa de trocas de iPhones (trade-in) e o uso da tecnologia iBeacon (com as enormes possibilidades que isso abre para a interação com dispositivos móveis). Mas o que Ahrendts está mesmo querendo focar é num sistema de pagamento móvel.

O vice-presidente sênior Eddy Cue e a ex-chefe da loja online, Jennifer Bailey, montaram uma equipe para criar um serviço de pagamentos móveis para o iPhone; Ahrendts e o novo vice-presidente para a loja online, [Bob] Kupbens, estão buscando melhorar o pagamento móvel em Apple Retail Stores e em aplicativos móveis, tanto para as lojas físicas quanto para a online. O que dizem é que um dos principais focos de Ahrendts é reduzir as distâncias entre as lojas físicas e online da Apple, a fim de melhorar a experiência geral dos clientes.

A terceira área crítica que ela quer focar é justamente na experiência geral de clientes, desde o momento em que a pessoa define qual produto quer comprar, passando pela conversa com um empregado da Apple sobre o produto, até o modo como ele será pago. A ideia de Ahrendts é redesenhar todo esse processo.

Eu consegui o meu MBA na Burberry, mas eu vou fazer o meu Ph.D. na Apple.

Angela Ahrendts, vice-presidente sênior de Retail Stores e da loja online da Apple.

Pelo visto ela já está totalmente integrada à cultura da empresa — querendo mostrar a que veio! 🙂

Posts relacionados

Comentários