Registros de marca corroboram novos recursos ligados a saúde e próximos nomes para o OS X

Registro de Trademark para Yosemite

Na última semana de abril, o site americano 9to5Mac trouxe à tona — e eu destaquei em meu condensado de rumores sobre a WWDC 2014 — uma série registros de marca realizados pela Apple com nomes de locais californianos notáveis, entre eles Yosemite, Redwood, Mammoth, California, Big Sur e Pacific.

Registro de Trademark para Yosemite

Não é preciso ser nenhum gênio para concluir que o destino mais provável dessas marcas será nomear as próximas versões do OS X, já que, desde o Mavericks, a Apple deixou claro que a “nomenclatura felina” estava encerrada e que a partir de agora lugares inspirados da Califórnia seriam usados para batizar seu sistema operacional desktop.

Banner do OS X na WWDC 2014

Foto via MacStories.

Ainda ontem noticiamos que o banner do novo OS X já havia sido revelado no Moscone West, ilustrado com um grande morro no fundo. A partir dessa imagem, dois nomes passaram a ser os mais cotados: Yosemite e El Cap. Yosemite já era um dos nomes “favoritos” para o OS X 10.10 há algumas semanas, todavia a confirmação só teremos na keynote de segunda-feira.

Assim como o do OS X, um banner do iOS também foi revelado com uma imagem aparentemente de um oceano — me despertou uma dúvida sobre ser possível a Apple também levar ao seu sistema operacional móvel nomes de lugares, algo como “iOS 8 Pacific”, nome este já registrado e que de certa forma aproximaria ainda mais os SOs. Desde 2010 o plano da empresa é que ambos sigam basicamente a mesma linha, mesmo que continuem independentes, até porque eles estão sob a mesma liderança.

Conceito para a logo do iOS 8

Conceito meramente ilustrativo para o iOS 8.

Pois eis que o MacRumors revelou ainda mais nomes que supostamente foram registrados por uma empresa ligada à Apple. São eles: Sequoia, Mojave, Sonoma e Ventura, totalizando nada menos do que 23 nomes conhecidos já “guardados” para o futuro.

A escolha dos nomes vão desde praias a lugares marcantes e cidades da Califórnia. É óbvio que a Apple dificilmente chegará a usar todos eles, mas os registros já ficam feitos para “travar” quem tentar seguir a mesma linha, além de abrir um leque maior de possibilidades sem ter que, a cada ano, registrar uma nova marca.

Além disso, o MacRumors também encontrou registros das marcas “Healthbook”, “Healthkit” e “iResearch”. Apesar de mais uma vez não haver evidências diretas de que a Apple estaria de fato por trás desses pedidos, essas marcas batem bastante com os rumores recentes, com direito até a vazamento de uma screenshot meses antes do anúncio público.

Sobre o “Healthkit”, não está claro se poderia ser outro aplicativo dentro do sistema ou quem sabe um pacote de desenvolvimento (software development kit, ou SDK) para desenvolvedores poderem usar o máximo do “Healthbook”, enquanto o “iResearch” seria um dos recursos desse mesmo aplicativo.

Desde o início se fala repetidamente sobre o “Healthbook”, e ao que tudo indica ele será uma das principais novidades da oitava versão do iOS. Especula-se inclusive que ele será o foco do tão rumorado “iWatch”. Acho muito difícil a Apple segurar a apresentação do “Healthbook” até o lançamento do “iWatch” e acredito fortemente que já o veremos na segunda-feira, enquanto o “iWatch” somente no final do ano, mas nada impede a Apple de apresentar o “iWatch” na semana que vem e ele só chegar ao mercado de fato no último semestre. Apesar de achar essa ideia incrível, digna de disparar as ações e deixar o queixo de todo mundo caído, não vejo motivos/indícios concretos de que ela vá se realizar.

Em menos de dois dias muitas dessas perguntas serão respondidas e, após quase oito meses sem eventos da Apple, sentiremos aquele “friozinho na barriga” de novidades de novo. Estou animado!

Posts relacionados

Comentários