Apple promove uma nova limpeza na App Store, rejeitando apps que oferecem downloads de músicas e recompensas [atualizado]

Ícone da App Store

Ícone da App StoreA Apple está promovendo uma nova limpeza na App Store, sua loja de aplicativos para iPads e iPhones/iPods touch.

Segundo o TechCrunch, a Maçã está barrando aplicativos os quais oferecem algum tipo de recompensa para usuários, seja assistindo a um vídeo, incentivando algum tipo de compartilhamento, assim como também está barrando apps que utilizam algum tipo de ferramenta de descoberta para encontrar novos aplicativos.

Ou seja, qualquer aplicativo/jogo que ofereça crédito/bônus para o usuário em troca de alguma interação poderá ser barrado da loja a partir de agora.

As regras nas quais a Apple se baseia para fazer isso são as seguintes:

2.25: Apps que exibem apps diferentes dele próprio para compra ou promoção de uma forma semelhante ou gerando confusão com a App Store serão rejeitados, a não ser que ele seja projetado para uma necessidade específica aprovada (por exemplo, gestão de saúde, aviação, acessibilidade, etc.) ou para fornecer um valor significantemente maior para um grupo específico de clientes.

3.10: Os desenvolvedores que tentarem manipular ou enganar os comentários de usuários ou o ranking na App Store com opiniões falsas ou pagas, ou quaisquer outros métodos inadequados serão removidos do iOS Developer Program.

Além disso, a Apple também está removendo da loja aplicativos que servem para baixar músicas, solicitando aos desenvolvedores que alterem o comportamento dos aplicativos.

Segundo o MacRumors, a iniciativa visa beneficiar a iTunes Store (loja de músicas) e o iTunes Radio (rádio online) — colocando cada tipo de conteúdo no seu devido lugar — ao mesmo tempo em que também promove uma limpa para a chegada do iOS 8.

iTunes Radio

Antes, ao fazer uma busca pelo termo “music download”, por exemplo, a pesquisa mostrava diversos aplicativos que poderiam ser utilizados para baixar músicas e arquivos de áudio a partir de sites como o SoundCloud, YouTube, etc. Agora, além de favorecer apps de streaming de músicas como Spotify, a Maçã colocou um baita destaque para o iTunes Radio, conforme podemos ver na imagem acima.

Alguns desenvolvedores também informaram que a Apple solicitou a remoção de funcionalidades de download de áudio, muito provavelmente para evitar uma possível pirataria.

Atualização · 24/06/2014 às 22:16

De acordo com o TechCrunch, a Apple voltou atrás com relação à rejeição de apps os quais oferecem recompensas a usuários que assistem a algum vídeo dentro do app. Segundo a matéria, além de estar aprovando novos apps/jogos e atualizações que fazem uso desse recurso — e da divulgação em redes sociais em troca de recompensas —, a Maçã também estaria colocando de volta na loja outros que foram banidos por essa razão.

Contudo, apps/jogos que oferecem recompensas para usuários que fizerem reviews, classificações ou downloads de outros aplicativos continuam sendo rejeitados, já que esse tipo de coisa acaba afetando os rankings da App Store.

Posts relacionados