Transição de empregados e tecnologias da Beats para a Apple já teria começado [atualizado]

Neymar usando fones da Beats

O 9to5Mac afirmou hoje que a Apple já está colocando em prática seus planos de transição para a Beats Electronics e Music.

Neymar usando fones da Beats

Executivos da Apple teriam visitado a sede da Beats, em Santa Monica (na Califórnia), com duas finalidades: oferecer a alguns grupos de empregados vagas para trabalhar em Cupertino e notificar alguns outros membros da equipe da Beats que eles não serão incluídos no processo de transição (ou seja, que serão demitidos). A maioria dessas pessoas que não faz parte dos planos da Apple é de áreas como suporte, financeiro e recursos humanos — áreas essas que serão absorvidas pelos próprios trabalhadores que já estão na Apple, provavelmente.

Além disso, a Apple teria começado também a trabalhar na transição de tecnologias, como por exemplo levar o serviço Beats Music para a infraestrutura do iTunes. Isso, porém, não estaria sendo fácil pois parte dessa tecnologia não seria compatível com o servidores existentes na Apple. Assim, muito provavelmente alguma coisa do Beats Music deverá ser reprojetada num futuro próximo.

Vale notar que a Apple pretende manter a sede da Beats em Santa Monica e algumas vagas de engenheiros que trabalham diretamente no serviço de streaming de músicas da empresa. Contudo, a dúvida se Trent Reznor e Ian Rogers (respectivamente CCO e CEO da Beats) irão para a Apple após o término dessa transição continua.

Numa nota relacionada, o Engadget informou que a Comissão da União Europeia aprovou a compra da Beats pela Apple — falta agora apenas o governo americano liberar a aquisição.

Atualização · 31/07/2014 às 16:10

A Apple confirmou tudo através do seguinte comunicado:

Estamos muito animados por receber a equipe da Beats na Apple e nós estendemos as ofertas de emprego para todos os empregados da Beats. Por conta de algumas sobreposições em nossas operações, algumas ofertas serão por um período limitado e vamos trabalhar duro durante esse tempo para encontrar outras vagas permanentes dentro da Apple para o maior número de empregados da Beats.

De acordo com a Reuters, cerca de 200 pessoas serão demitidas na Beats — a empresa hoje conta com aproximadamente 700 empregados. A Apple já confirmou, porém, que Trent Reznor e Ian Rogers terão cargos na empresa.

Posts relacionados

Comentários