↪ Empresa indica que spams enviados via iMessage estão em crescimento

Spam via iMessage

Spam via iMessage

Screenshot: Cloudmark Blog.

Há um ano, Tom Landesman — que trabalha para a empresa de segurança e anti-spam Cloudmark — nunca havia visto um spam via iMessage. Mas ele e sua companhia agora dizem que, graças a uma campanha particularmente agressiva de um spammer, o iMessage já compreende mais de 30 por cento de todos os spams enviados via mobile.

Ainda em 2013, noticiamos que alguns hackers famosos foram alvos de ataques via spam do iMessage. Pouco tempo depois, a Apple orientou usuários como relatar abusos desse tipo e, atualmente, já faz um controle mais apurado do envio de mensagens em massa pela sua rede. Todavia, conforme indica a Cloudmark, a simplicidade do iMessage tem atraído a atenção de muitos spammers que certamente têm feito de tudo para aproveitar brechas da Maçã. [WIRED]

Posts relacionados

Comentários