Aumente a sua produtividade ao desenvolver para a web — conheça o CodeKit

CodeKit

por Anderson Pereira

Como diz o ditado, “time is money” (tempo é dinheiro). Essa é uma daquelas dicas que valem ouro! Buscando uma solução de refresh automático entre meu editor HTML preferido — o Sublime Text — e todos os browsers instalados em minha máquina, descobri uma ferramenta que é uma verdadeira “mão na roda”.

Criado pelo desenvolvedor Bryan Jones [@bdkjones], da Incident 57, o CodeKit aumenta incrivelmente a sua produtividade na hora de criar páginas/aplicações para a web. Trata-se de um “gerenciador poderoso de arquivos” que monitora arquivos os quais compõem seu projeto web (HTML, CSS, PHP, JavaScript, imagens, etc.) e os gerencia de maneira inteligente.

CodeKit

Simplesmente funciona

Abusando da simplicidade e da intuitividade do OS X, para criar um projeto no CodeKit basta arrastar a pasta do seu projeto web para dentro da janela principal do app e pronto!

Sem “tocar” em nenhum arquivo do seu projeto, o CodeKit automaticamente cria um servidor virtual que pode ser acessado através de um endereço web (ex.: http://localhost) e o disponibiliza em toda a sua rede Wi-Fi, via Bonjour.

Para os devices não compatíveis com o Bonjour (smartphones com Android, Windows Phone, Linux, etc.), o CodeKit gera um endereço IP para que todo o seu projeto esteja ao alcance de qualquer aparelho — incluindo aquele micro velho, com Windows XP, que só serve para testar sites no Internet Explorer (quem desenvolve para a web sabe do que estou falando).

CodeKit

Através desse servidor virtual é possível visualizar em tempo real qualquer modificação feita em seus arquivos. É incrível! Você pode utilizar qualquer editor HTML, inclusive o Editor de Texto (TextEdit) nativo do OS X. Escreva ou atualize o seu código, salve-o, e em seguida veja o seu projeto atualizado em todos os seus devices. É o verdadeiro fim do atalho Command + R.

Muito mais que isso

Além do refresh automático, o CodeKit incorpora ferramentas essenciais para o desenvolvimento web. Imagine a possibilidade de otimizar o tamanho de todas as imagens do seu projeto, incluindo gráficos Retina, com um simples clique? Pois é, o CodeKit também faz isso.

O CodeKit conta ainda com compiladores integrados para códigos escritos em Less, Sass, Stylus, CoffeeScript, Typescript, Jade, Haml, Slim, Markdown e checa a sintaxe da programação em arquivos JavaScript, sugerindo mudanças quando o seu código apresentar erros.

CodeKit

O app também faz o gerenciamento de dependências, como Bootstrap, jQuery, Modernizr, WordPress e mais outros 6.000 pacotes disponíveis em sua base. Em um simples clique é possível pesquisar, atualizar, instalar e desinstalar essas dependências.

Desenvolvedores que utilizam aplicações para comprimir o código-fonte (remover tabulações, quebras de linhas e espaços) podem também contar com o CodeKit. O app mantém o arquivo original intacto, gerando duas versões dele (uma comprimida e outra original). É possível inclusive a união de vários arquivos JavaScript num só, reduzindo o tempo e a quantidade de requisições HTTP.

CodeKit

Aprender a utilizar o CodeKit é moleza. Como o próprio site do produto diz: “Tutoriais em vídeo para as pessoas que não gostam de ler.” Tudo é muito fácil nessa incrível aplicação.

A Mac App for Cool People

Um aplicativo Mac para pessoas divertidas! Partindo desse princípio, a página oficial do CodeKit faz uma brincadeira com depoimentos fictícios sobre o seu app envolvendo empregados da Apple/ex-Apple e figuras conhecidas no mundo da Maçã:

CodeKit

Considerações finais

O CodeKit é um aplicativo pago — exclusivo para Macs —, que pode ser testado gratuitamente em sua versão trial durante um período de dez dias. O app pesa 46,3MB e custa somente US$30, sendo comercializado em seu próprio site.

Deixamos abaixo um vídeo explicando a funcionalidade básica de como o CodeKit trabalha:

Boa produtividade a todos do MacMagazine e até a próxima! 😉

Posts relacionados

Comentários